Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221
HOMICÍDIO

Polícia suspeita de acerto de contas em homicídio na Capital

13 setembro 2017 - 14h50

[Naor da Silva Prado, 25, é o jovem executado com tiro na cabeça na manhã de hoje em residência do bairro Tijuca II](http://www.douradosnews.com.br/policia/homem-e-assassinato-com-tiro-na-cabeca-em-bairro-da-capital). O socorro chegou a ser acionado, mas ele não resistiu ao ferimento. Os suspeitos pelo crime conseguiram fugir e ainda não foram encontrados, conforme o Correio do Estado.

Segundo informações preliminares da Polícia Militar, dois homens foram de bicicleta até a casa de Prado, na Rua Acauã, e eles começaram a discutir.

Um deles sacou uma arma e disparou duas vezes.

Os tiros acertaram o rapaz que morreu no local. A mulher da vítima também estava na residência, mas não foi atingida.

O Corpo de Bombeiros, as polícias Militar e Civil e a Guarda Municipal foram ao local, mas os criminosos ainda não foram localizados.

A suspeita é de que o crime tenha sido motivado por acerto de contas. O crime ainda será investigado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
PIB recua 0,8% no trimestre encerrado em maio, diz FGV
DEBATE
Audiência no dia 22 trata de projeto que extingue cargos indígenas
DOURADOS
Recapeamento na rua Cuiabá ‘trava’ em trecho de 10 quadras
TRÂNSITO
Colisão entre carro e caminhão mata motorista na MS-276
YOUTUBER
Kéfera dá "adeus" a vida social por causa de série: "Vai sofrer"
RIO BRILHANTE
Homem tenta atropelar policiais e abandona carro furtado com 410kg de maconha
CAMPO GRANDE
Traficante é presa vendendo maconha próximo a cemitério
DOURADOS
Classes política e empresarial cobram bancada de MS e pedem "socorro" por obras no aeroporto
INTERNACIONAL
Bolsonaro participa da Cúpula do Mercosul na Argentina
DOURADOS
Vacinação antirrábica atende bairros da zona oeste

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação