Menu
Busca sábado, 23 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Polícia prende homem suspeito de praticar furtos em empresas

01 outubro 2017 - 11h04

Policiais do Sig (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Dourados, com apoio do NRI (Núcleo Regional de Investigações) e do plantão, prenderam por volta das 20 horas deste sábado, dia 30 de setembro, após denuncia anônima, Anderson Bareiro Muniz, 18 anos, acusados de praticar vários furtos em empresas da cidade.

De posse das informações, os policiais foram até a casa de Anderson, localizada na sitioca Campo Belo. No local o acusado foi preso de posse de uma pistola calibre 380.

Ele foi encaminhado para a delegacia do 1º Distrito Policial de Dourados, onde foi autuado em flagrante, pelo porte de arma de fogo e roubo a mão armada.

A Polícia também já identificou em comparsa de Anderson, mas até o momento não conseguiu prende-lo, sendo considerado foragido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONGRESSO
Proposta de reforma da Previdência chega à CCJ da Câmara
Comissão é a primeira etapa da tramitação do texto
INTERNACIONAL
Está mantida ajuda humanitária para Venezuela, diz Bolsonaro
DOURADOS
Relatório aponta Marcelino Pires como a via mais violenta em 2018
SHOWBIZZ
Apenas de meia-calça, Juliana Paes celebra presença no carnaval: "melhor notícia"
FUTEBOL
Fifa tira Mundial Sub-17 do Peru, e Brasil vai sediar a competição
BELA VISTA
Policial perde controle da direção, viatura cai de ponte e pega fogo
COMBUSTÍVEIS
Preço da gasolina nas bombas cai pela 18ª semana seguida, diz ANP
MEIO AMBIENTE
PMA captura tamanduá-bandeira em quintal de residência em Coxim
EDUCAÇÃO
UFGD divulga os aprovados na 5ª chamada do Vestibular 2019
COXIM
Policial civil invade emissora de rádio e agride entrevistado

Mais Lidas

DOURADOS
Trio é preso após tentar repetir furto em loja do shopping
SIDROLÂNDIA
Colisão entre motos termina com jovem morto
DOURADOS
Desconhecido pede água, invade residência e ameaça mulher de morte para furtar celular
CAMPO GRANDE
Interno é encontrado morto dentro de cela de presídio