Menu
Busca sábado, 18 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

Polícia prende homem suspeito de praticar furtos em empresas

01 outubro 2017 - 11h04

Policiais do Sig (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Dourados, com apoio do NRI (Núcleo Regional de Investigações) e do plantão, prenderam por volta das 20 horas deste sábado, dia 30 de setembro, após denuncia anônima, Anderson Bareiro Muniz, 18 anos, acusados de praticar vários furtos em empresas da cidade.

De posse das informações, os policiais foram até a casa de Anderson, localizada na sitioca Campo Belo. No local o acusado foi preso de posse de uma pistola calibre 380.

Ele foi encaminhado para a delegacia do 1º Distrito Policial de Dourados, onde foi autuado em flagrante, pelo porte de arma de fogo e roubo a mão armada.

A Polícia também já identificou em comparsa de Anderson, mas até o momento não conseguiu prende-lo, sendo considerado foragido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Arraiá da UEMS continua neste sábado
DOURADOS
Escolas do Campo recebem palestras e contação de história pelo “À Flor da Pele”
CULTURA
Festival no Memorial da América Latina aborda situação de indígenas
ESPORTES
Santos e Sport se enfrentam por dias melhores no Brasileirão
DOURADOS
Jovem tem moto furtada no centro
SAÚDE
Paraguai aproveita Dia D no Brasil e abre postos para vacinação contra sarampo na fronteira
DOURADOS
Inscrições abertas para seleção de tutor(a) para PET Letras
NOVA ANDRADINA
Polícia atende acidente de trânsito e prende envolvido que era evadido
ELEIÇÕES 2018
Dos 27,4 mil registros de candidaturas, 8,4 mil são de mulheres
CORUMBÁ
Polícia localiza com ajuda de cão cocaína que iria para BA

Mais Lidas

DOURADOS
Defesa questiona "condenação social" e diz que pai de criança não tem ligação com morte
DOURADOS
À espera da audiência de custódia, envolvidos em morte de criança permanecem em delegacia
DOURADOS
Casal acusado de matar criança tem prisão preventiva decretada pela Justiça
DOURADOS
Delegado aguarda laudo para saber se bebê internado no HU foi agredido