Menu
Busca quinta, 22 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221

Polícia ouviu 13 e não tem pista do assassino de Aquidauana

16 dezembro 2003 - 11h08

Pelo menos 13 pessoas entre parentes, conhecidos da família de Mayara Brito Neves, de 3 anos, e suspeitos já foram ouvidos pela Polícia Civil de Aquidauana, mas por enquanto ainda não há pistas sobre o assassino da menina. Ela foi vítima de violência sexual e encontrada com a cabeça submersa em um córrego da cidade na semana passada. A delegada Jaiza Santos Teixeira afirma que estão sendo levantadas as fichas de todos os criminosos da cidade e que nenhuma hipótese é a descartada, inclusive de vingança dos pais da criança. “Está difícil porque ninguém, exceto a própria criança, viu nada”, afirma.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOF
Trio é detidos com três motocicletas furtadas em Maracaju
EDUCAÇÃO
UEMS abre vagas para reingresso, transferência interna e aluno especial
ORIENTAÇÃO
Tribunal de Contas do Estado capacita vereadores em Seminário
FAZENDA
Sequestrado em balada na Capital é localizado pela PM de Rio Negro
EDUCAÇÃO
Instituto Federal divulga terceira chamada para cursos superiores
CINCO ESTADOS
Polícia descobre esconderijo de quadrilha de roubo a bancos em MS
CHUVAS
Imasul alerta para transbordamento do Rio Miranda nas próximas 24h
GRATUITO
CNH Digital já é utilizada por 1.159 condutores de MS, aponta pesquisa
TECNOLOGIA
Clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações pelo Facebook
ECONOMIA
Dólar fecha em queda, a R$ 3,247

Mais Lidas

DESAPARECIDA
Corpo encontrado no rio Dourados é de Débora Dias
ESTRELA PORÃ
Polícia fecha “boca” que abastecia região Oeste de Dourados
RESIDENCIAL ROMA
Criança fica ferida ao cair de prédio em Dourados
DOURADOS
Mulher é baleada durante assalto na avenida Indaiá