Menu
Busca quinta, 22 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

Polícia ouviu 13 e não tem pista do assassino de Aquidauana

16 dezembro 2003 - 11h08

Pelo menos 13 pessoas entre parentes, conhecidos da família de Mayara Brito Neves, de 3 anos, e suspeitos já foram ouvidos pela Polícia Civil de Aquidauana, mas por enquanto ainda não há pistas sobre o assassino da menina. Ela foi vítima de violência sexual e encontrada com a cabeça submersa em um córrego da cidade na semana passada. A delegada Jaiza Santos Teixeira afirma que estão sendo levantadas as fichas de todos os criminosos da cidade e que nenhuma hipótese é a descartada, inclusive de vingança dos pais da criança. “Está difícil porque ninguém, exceto a própria criança, viu nada”, afirma.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Dólar fecha em alta de 1,22% nesta quinta
TEMPO
Fim de semana deve ser de tempo seco e temperatura amena
BRASIL
Ministro da Saúde anuncia multivacinação para outubro
COMPRA DE VOTOS
Após afastamento de prefeita, TRE marca novas eleições em Miranda
COMER BEM
Almôndega recheada rende e cai muito bem como aperitivo
AGENDA EM MS
Ministro das Relações Exteriores estuda instalação de escritório do Itamaraty em MS
BRASIL
PGR empossa líder de lista tríplice como procurador-geral do trabalho
TJMS
Feriado do Servidor Público é transferido para o dia 10 de outubro
BRASIL
PF abre inquérito para investigar indícios de sabotagem em sistemas do MEC
MS
Mais três novas frentes são criadas por deputados estaduais

Mais Lidas

POLÍCIA
Travesti furta veículo e é presa em Dourados
BR-163
Pedaço de pneu na pista causou acidente com morte que envolveu quatro carretas
CAARAPÓ
Colisão frontal entre carretas deixa um morto na BR-163
CAARAPÓ
Ferido em acidente com morte na BR-163 é transferido para Dourados