Menu
Busca segunda, 25 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Polícia ouviu 13 e não tem pista do assassino de Aquidauana

16 dezembro 2003 - 11h08

Pelo menos 13 pessoas entre parentes, conhecidos da família de Mayara Brito Neves, de 3 anos, e suspeitos já foram ouvidos pela Polícia Civil de Aquidauana, mas por enquanto ainda não há pistas sobre o assassino da menina. Ela foi vítima de violência sexual e encontrada com a cabeça submersa em um córrego da cidade na semana passada. A delegada Jaiza Santos Teixeira afirma que estão sendo levantadas as fichas de todos os criminosos da cidade e que nenhuma hipótese é a descartada, inclusive de vingança dos pais da criança. “Está difícil porque ninguém, exceto a própria criança, viu nada”, afirma.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAÇOS DE FAMÍLIA
Quadrilha chefiada por PM abastecia o tráfico em todo país
COPA DO MUNDO
Seleção faz treino tático a dois dias de duelo decisivo
EDUCAÇÃO
ProUni abre inscrições amanhã; estudantes podem consultar vagas
VAQUINHA VIRTUAL
Populares dizem que não vão contribuir com dinheiro em campanha política
MUNDIAL 2018
Juiz do ouro olímpico, iraniano apitará duelo decisivo entre Brasil e Sérvia
PREVENÇÃO
Seminário sobre dependência química é nesta quarta-feira
PRAZO
Prazo para parcelamento do Simples Nacional termina dia 09 de julho
41ª FESTA JUNINA DE DOURADOS
Evento consolida participação popular em Dourados
PONTO DIGITAL
Prefeitura de Campo Grande tem 30 dias para implantar pontos eletrônicos nas Unidades de Saúde
COTAÇÕES
Com alta do dólar, gastos no exterior estão desacelerando

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Mulher morre e 8 ficam feridos após colisão na MS-379
POLÍCIA
Homem é assassinado em bar em Dourados
BR-163
Adolescente morre após ser atropelado por motorista bêbado em Dourados
POLÍCIA
Veículo é roubado e recuperado horas depois em Dourados