Menu
Busca segunda, 24 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Polícia ouviu 13 e não tem pista do assassino de Aquidauana

16 dezembro 2003 - 11h08

Pelo menos 13 pessoas entre parentes, conhecidos da família de Mayara Brito Neves, de 3 anos, e suspeitos já foram ouvidos pela Polícia Civil de Aquidauana, mas por enquanto ainda não há pistas sobre o assassino da menina. Ela foi vítima de violência sexual e encontrada com a cabeça submersa em um córrego da cidade na semana passada. A delegada Jaiza Santos Teixeira afirma que estão sendo levantadas as fichas de todos os criminosos da cidade e que nenhuma hipótese é a descartada, inclusive de vingança dos pais da criança. “Está difícil porque ninguém, exceto a própria criança, viu nada”, afirma.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM ALTA
Barril do petróleo passa de US$ 81 e fecha no maior valor em 4 anos
TRÊS LAGOAS
Homem foge após lançar droga e 14 celulares para dentro de presídio
UEMS
EscolaGov promove curso de Licitação e Contratos em Dourados
EDUCAÇÃO
‘Infâncias, Docência e Educação Infantil’ é tema de Seminário na UFGD
AQUIDAUANA
Homem é preso após invadir casa e abusar de menina de 12 anos
BOATOS
Manuela d'Ávila é ameaçada nas redes sociais após fake news
IMPROBIDADE
Ex-servidor do TJMS é acusado de receber dinheiro para intervir em ação
IBOPE
Nelsinho com 33% e Zeca do PT com 30% lideram pesquisa para o Senado
CRIME FEDERAL
Jovem é preso com cocaína e notas falsas na rodoviária de Dourados
ELEIÇÕES 2018
Lei da Ficha Limpa retira 174 candidatos das eleições de outubro

Mais Lidas

DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
TEMPORAL
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados
DOURADOS
Adolescente é encontrado baleado na rua e morre no HV
POLÍCIA
Presos em Dourados são transferidos para capital