Menu
Busca domingo, 18 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
PESCA PREDATÓRIA

Polícia Militar Ambiental prende paranaense que pescava com petrechos ilegais

15 setembro 2017 - 17h05

Faça sua matéria aquiDurante operação de fiscalização preventiva no rio Baía no município, Policiais Militares Ambientais de Batayporã prenderam ontem (14), no final da tarde, um pescador de 44 anos, por pesca predatória. A PMA encontrou o pescador, que praticava pesca com uso de redes (petrechos proibidos).

O infrator já havia capturado 12 kg de pescado, apesar de iniciar a pescaria. Os peixes apresentavam marcas de captura por petrecho de emalhar (petrecho proibido). O pescado e três redes de pesca foram apreendidos.

O infrator (44), residente em Loanda (PR), recebeu voz de prisão e foi encaminhado, juntamente com o material, à delegacia de Polícia Civil de Batayporã, onde ele foi autuado em flagrante por crime de pesca predatória. Ele poderá pegar pena um a três anos de detenção. A PMA o autuou e multou em R$920.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Ministro da Fazenda da Argentina deixa cargo
ESPORTES
Seleção Sub-17: convocados para amistosos na Inglaterra em setembro
MS
Veículo pega fogo e fica totalmente destruído em acidente, na MS-276
MS
Motorista embriagado abandona carro no meio da rua com celular e pistola dentro
CULTURA
III Festival da Canção da UEMS será neste domingo em Dourados
BRASIL
Maior rendimento do FGTS exige atenção na hora do saque
CAMPO GRANDE
Motociclista morre após avançar via preferencial
MS
“Operação Divisa Segura VII” prende foragido da polícia
MS
Criminoso foge e polícia apreende carro “recheado” de maconha
POLÍTICA
Morre, aos 96 anos, o ex-ministro Roberto Herbster Gusmão

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente com morte pode ter ocorrido após motociclista ser fechado por carro
BR-163
Passageira morre após homem colidir moto contra placa de sinalização em Dourados
DOURADOS
Homem fica ferido após estouro de equipamento na Cabeceira Alegre
POLÍTICA
PSL lança nome para Prefeitura de Dourados e senadora descarta aliança com tucanos