Menu
Busca terça, 20 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Polícia federal prende funcionários do IBAMA por corrupção

26 maio 2011 - 12h24

Na manhã desta quinta-feira, a Polícia Federal prendeu em flagrante dois servidores do IBAMA.

As prisões ocorreram na Avenida Afonso Pena, esquina com a Rua 13 de Maio, centro de Campo Grande, no exato momento em que um dos fiscais recebia a quantia de R$ 5 mil reais de um empresário que atua no ramo de madeiras, na Capital.

Na última terça-feira (23), os dois servidores do IBAMA procederam fiscalização em uma madeireira, legalmente estabelecida e que, ao final da vistoria, alegaram irregularidades de natureza administrativa, sendo que exigiram R$ 50 mil reais do proprietário para não procederem com a autuação. O comerciante afirmou que seria muito dinheiro e que necessitaria de um prazo para conseguir o valor solicitado. Inconformado, o empresário alegando que a sua empresa não se encontra com nenhuma irregularidade, se apresentou na sede do IBAMA e formulou denúncia contra os dois servidores.

A gerência daquele órgão, na pessoa do superintendente, acompanhou o empresário até a Polícia Federal, que diante do quadro apresentado solicitou autorização judicial (Justiça Federal) para fazer uma “Ação Controlada” – ou seja, acompanhar a entrega do dinheiro utilizando de áudio e vídeo, procedimento este legalmente previsto em lei.

No local e hora combinado para o acerto, o empresário entregou um envelope contendo R$ 5 mil reais para um dos fiscais, momento em que a PF efetuou a prisão do servidor do IBAMA. Ainda naquele instante, o preso afirmou que o seu colega, com quem dividiria o dinheiro, estaria próximo do local, aguardando somente uma ligação para se fazer presente. Feito o combinado, o preso ligou para seu colega que chegou ao local, também foi preso em flagrante pela prática do crime de corrupção passiva, cuja pena prevista é de 2 a 12 anos de reclusão e multa.

Todas as cédulas de 100 reais apreendidas tiveram o número de série registrados pela Polícia Federal, antes da ação.

Os presos foram recolhidos ao setor de Custódia da Polícia Federal, ficando à disposição da Justiça Federal. A Polícia Federal não divulgou o nome dos funcionários presos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Projeto que flexibiliza Lei da Ficha Limpa é arquivado do Senado
PARAGUAI
Sobrinho de prefeito foi executado por terroristas com 11 tiros
FUTEBOL
Brasil vence Camarões por 1 a 0 no último amistoso do ano
EDUCAÇÃO
Enem vai mudar e terá dias de prova geral e específica, diz ministro
FUTEBOL
Datas e regulamento do Estadual mudam um dia após arbitral
DOURADOS
Comafro promove atividade pelo Dia da Consciência Negra
CULTURA
Filme de MS conquista dois prêmios em festival internacional de cinema
OMISSÃO DE SOCORRO
MPF quer abertura de inquérito policial para apurar atropelamento de crianças em MS
BRASIL
Mandetta compara contratos do Mais Médicos a convênio entre Cuba e PT
ARTIGO
Como somos frágeis

Mais Lidas

DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
DOIS MESES DEPOIS
Acusados de matar rapaz em Dourados serão apresentados hoje
BORORÓ
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
MARCELO PILOTO
Traficante brasileiro é expulso do Paraguai após matar mulher em cela