Menu
Busca segunda, 13 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Polícia Federal desencadeia operação contra fraudes na saúde

16 maio 2011 - 09h54

Deflagrada nesta segunda-feira, a operação da PF (Polícia Federal) contra uma quadrilha acusada de fraudar licitações fechou a prefeitura de Ladário. Os policiais estão no local desde 6h20.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, os funcionários não foram autorizados a permanecer no prédio. Ainda não há informações de quais servidores ou secretários municipais foram presos.

O prefeito José Antônio Assad e Faria (PT) está dentro da prefeitura. Ele é ex-secretário de Governo de Corumbá.

A “Operação Questor” prendeu uma quadrilha composta por funcionários públicos e empresários, um deles em Campo Grande.

De acordo com a Polícia, o grupo fraudava procedimentos licitatórios que envolviam verbas públicas federais destinadas à saúde, educação e infraestrutura. O prejuízo aos cofres públicos supera meio milhão de reais.
Ao todo, foram cumpridos sete mandados de prisão temporária, sendo quatro em Ladário, dois em Corumbá e um em Campo Grande.

A operação também cumpre 26 mandados de busca e apreensão em Ladário, Corumbá, Dourados, Campo Grande, Barão de Cotegipe (RS) e Maringá (PR).
A investigação durou mais de um ano e foi realizada em conjunto com o Ministério Público Federal e a Controladoria Geral da União.

As denúncias também envolvem 9 servidores da Controladoria Geral da União em MS, RS e no Paraná, mas a PF não detalhou qual seria a atuação desses servidores.

A operação foi iniciada no Rio Grande do Sul e envolve até o momento servidores em 7 Estados. São dois mandados de busca e apreensão e 64 mandados de prisão.

Secretários presos em Juti

No município de Juti duas pessoas teriam sido presas, que segundo informações seriam os secretários municipais de Fazenda e de Saúde.
Em Dourados teriam sido cumpridos dois mandados de prisão e um em Glória de Dourados.

A Polícia Federal de Dourados deverá se posicionar ainda nesta segunda-feira sobre a operação em sua jurisdição.


Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Fiocruz e dois hospitais devem criar protocolos para eleições, diz TSE
TRÁFICO
Passageiro é preso em ônibus levando maconha até Campo Grande
JUSTIÇA
Guedes diz que Brasil precisa de apoio para preservação ambiental
CAMPO GRANDE
Baile de formatura interrompido por brigas gera indenização para acadêmico
POR MOTIVOS DE SAÚDE
Líder de Délia na Câmara pede afastamento da função
PANDEMIA
Plataforma faz monitoramento remoto de pacientes com Covid-19
NEGÓCIOS & CIA
Confira as 8 dicas essenciais para gestão de e-commerces em 2020
POLÍCIA
Polícia Militar de Mundo Novo recupera motocicleta furtada
CUIDADOS COM A BELEZA
Dicas rápidas para cuidar dos cabelos e da pele antes de dormir
TECNOLOGIA
MS é o segundo Estado a emitir Certificado de Inspeção Sanitária eletrônico

Mais Lidas

BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus