Menu
Busca domingo, 25 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
CAPITAL

Polícia descobre estupro de 5 meninas após prisão de foragido

17 maio 2019 - 19h05Por Da redação

Um ajudante de serviços gerais é investigado pelo estupro da sobrinha, da enteada e das três filhas, em Campo Grande. As vítimas têm de 17 a 1 ano, e eram abusadas diariamente. O crime só foi descoberto após policiais da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) cumprirem um mandado de prisão vindo do Paraná contra o suspeito.

Segundo a delegada Anne Karine Sanches Trevizan, o suspeito foi preso no Paraná por atentado ao pudor e lá começou a cumprir pena pelo crime em regime semiaberto. No ano passado, deixou de ir ao presídio durante a noite e obrigou a família a fugir com ele para Mato Grosso do Sul.

O homem se mudou com a mulher, a sobrinha de 17 anos, a enteada de 15, as três filhas de 12, 6 e 1 ano, e outros quatro filhos, para Campo Grande. Na Capital, começou a trabalhar com serviços gerais em uma empresa, alugou uma casa no Jardim Samambaia e vivia em liberdade até ser encontrado pelos policiais da especializada neste mês.

Assim que foi preso, por conta do mandado de prisão do Paraná, a polícia descobriu que todas as meninas da casa eram violentadas pelo homem. Os estupros aconteciam abertamente na casa, escondidos por ameaças e agressões constantes.

Ao site Campo Grande News, a delegada explicou que o preso estuprava desde a sobrinha de 17 anos até a filha mais nova, de apenas 1 ano. “O estupro acontecia de maneira explícita dentro da casa. Ele abusava sexualmente de uma vítima em um quarto e em seguida buscava outra, inclusive a bebê de 1 ano. Uma era testemunha da outra”, detalhou Trevizan. Os meninos não sofriam abusos, conforme a investigação.

A mãe das crianças sabia de todos os crimes, mas ouvia do marido que toda a família seria assassinada caso ele fosse denunciado. “Ele era muito agressivo, todas elas tinham muito medo dele”. Com a prisão, a mulher também foi levada a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e registrou boletim de ocorrência contra o marido por uma série de ameaças e agressões.

Na Depca, o homem foi indiciado por cinco estupros de vulnerável e teve a prisão preventiva por esses crimes pedida a justiça nesta quinta-feira (16). Por entanto, ele permanece no Estabelecimento Penal “Jair Ferreira de Carvalho”, a Máxima de Campo Grande, pelo caso registrado no Paraná.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Bombeiros combatem incêndio próximo a pousadas no Pantanal
ESPORTES
Brasil fecha individual do tênis de mesa com 19 medalhas; 5 ouros
SAÚDE
Uso de celular com cabeça inclinada pode causar lesão na cervical
CAPITAL
Homem deixa caminhonete na frente de casa e pela manhã descobre furto
LAGUNA CARAPÃ
Homem é preso e comparsas fogem após transportar fardos de maconha em motos por 130 km
AJUDA INTERNACIONAL
Repasses alemães para projetos ambientais equivalem em 1 ano a 4 vezes o orçamento do Ibama
TRÂNSITO
Idosa capota veículo em acidente na Capital
CAMPO GRANDE
Homem furta caminhão carregado de grama em viveiro de mudas
RIO BRILHANTE
Família encontra mulher morta após vítima passar mal durante a noite
FUTEBOL
Brasileirão promete fortes emoções neste domingo; confira os jogos

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tem dedo amputado após empilhadeira a atingir enquanto fazia compras
DOURADOS
Após “falsa corrida”, motorista de aplicativo tem carro levado por bandido que se envolve em acidente e é preso
HOSPITAL DA VIDA
Órgãos de jovem que morreu em acidente são captados e levados para quatro cidades
POLÍCIA
Mulheres são presas por tráfico em Dourados