Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
MORTE NA FRONTEIRA

Polícia de MS ajudará nas investigações do assassinato de jornalista

13 fevereiro 2020 - 10h18Por Da Redação

A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul vai auxiliar nas investigações referentes ao assassinato do jornalista Léo Veras, morto com 12 tiros na noite de quarta-feira (12/2), em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Mato Grosso do Sul através de Ponta Porã.

A vítima jantava com a família quando pistoleiros chegaram num Jeep e realizaram os disparos.

Nesta manhã (13/2), delegados que atuam na região de fronteira estão presentes no velório e prestaram homenagem ao jornalista.

Para a Polícia Civil, existe a possibilidade dos criminosos terem fugido para lado brasileiro da fronteira após o assassinato.

Conforme o portal G1, por volta das 21h, dois pistoleiros encapuzados chegaram, entraram pelo portão que estava aberto e invadiram o local.

Eles efetuaram vários disparos contra o profissional, que tentou correr, mas caiu ao ser atingido.

Léo foi atingido por 12 tiros de pistola 9 milímetros. Um dos disparos acertou a cabeça dele no momento em que ele tentou correr dos assassinos. 

O jornalista chegou a ser socorrido e encaminhado para um hospital particular da cidade paraguaia, mas não resistiu.

Ele era o dono do portal de notícias Porã News. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Campanha quer incentivar participação de mais mulheres na política
DOURADOS
TJ decide em março se vereadores devem receber salários por período presos e afastados
DICAS
Fique atento: informação e planejamento podem garantir uma boa viagem no Carnaval
DOURADOS
Troco Solidário Abevê repassa valor a instituição
Saúde e Bem-estar
Unimed Dourados renova com a Sanesul e Sicredi Centro-Sul MS
NEGÓCIOS & CIA
Certificado Digital Agiliza: a abertura e gestão de empresas
TRÁFICO
Homem é preso com cocaína em fundo falso de veículo
EDUCAÇÃO
Prefeitura de Dourados começa a receber os kits escolares
APARECIDA DO TABOADO
Condenado por homicídio deve cumprir mais de 9 anos de reclusão
OLHO DE THUNDERA
Cocaína ‘Thundercats’ é apreendida em ônibus na fronteira

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia