Menu
Busca quarta, 16 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Polícia Civil identifica autores de latrocínio

16 junho 2011 - 07h06

A Polícia Civil de Laguna Carapã concluiu as investigações acerca do latrocínio (roubo seguido de morte), ocorrido no último dia 05 de junho, que vitimou o comerciante sírio Riad Battikha, 66 anos.

O comerciante foi morto a facadas e os autores teriam vendido seu automóvel Chevrolet Corsa, cor prata, no Paraguai. O corpo da vítima foi encontrado na quarta-feira passada (08), escondido em um canavial, no distrito de Caarapã.

Os autores foram identificados e tiveram prisão decretada são eles: Jeanderson Bronel Lavratti Nunes, 26 anos, conhecido como “Gegê”, Wesley Almeida Paim, 22 anos e Vanderli Calistro Romeiro, 24 anos, o “ Mini”.

A Polícia ressalta que as informações sobre o paradeiro dos autores podem ser repassadas à Delegacia de Polícia de Laguna Carapã, ligando para (67) 3438-1493 ou enviando e-mail para dp.lcarapa@pc.ms.gov.br.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CALOR
Demanda por energia elétrica atingiu novo recorde nesta quarta-feira
CAARAPÓ
Homem simula sequestro para enganar mãe e acaba preso
JUSTIÇA
TJ/MS extingue Câmara e institui juiz substituto em 2º Grau
ATAQUES
Policiais encontram 700 kg de explosivos em apartamento de Fortaleza
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende dois veículos com produtos eletrônicos na MS-141
STJ
Ex-presidente do Naviraiense é condenado por desviar R$ 247 mil
CRIME BÁRBARO
Mãe de santo acusada de homicídio em MS será julgada nesta quinta-feira
REAJUSTE
Petrobras eleva em 2,5% preço médio da gasolina nas refinarias
CAMPO GRANDE
Jovem atingido com tiro na nuca há 4 dias morre em hospital
SEU BOLSO
Teto da aposentadoria pelo INSS sobe quase R$ 200, para R$ 5.839

Mais Lidas

GRUPOS RIVAIS
Interno do semiaberto de Dourados é morto em briga de facções
DOURADOS
Rapaz assassinado em emboscada foi preso por tentativa de furto a caixa eletrônico
POLÍCIA
Motorista que morreu em acidente na BR-163 tinha 28 anos
BR-163
Acidente que matou motorista de ônibus deixou outros cinco feridos