Menu
Busca sábado, 15 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Polícia aguarda DNA de suspeita de ter jogado bebê

01 agosto 2006 - 11h44

A Polícia Civil aguarda o resultado de DNA para comprovar se a primeira mulher suspeita é realmente a responsável por ter jogado a recém-nascida encontrada morta no lixão de Campo Grande, no dia 8 de julho. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Nilson Tobias, foi recolhido material genético da mulher e dois pais dela, para serem comparados com o da menina.

O laudo deve sair em até 90 dias após a realização do exame, feito no fim da semana passada. Enquanto isso, segundo o delegado, outras suspeitas estão sendo investigadas. “Temos uma lista de mulheres. Essa primeira era a que mais tinha relação com o caso”, disse.

A mulher, de 23 anos, foi a única que fez pré-natal em Campo Grande e não fez o parto na Capital. Ela alegou que por questões pessoais, o parto foi realizado em Araçatuba (SP). A suspeita apresentou à Polícia a filha dela que teria nascido no interior de São Paulo, que também foi submetida ao exame de DNA.

Caso seja provado que ela não é a responsável pela criança encontrada dentro de um saco plástico, outras mulheres serão chamadas para prestarem depoimentos e realização de exames. As informações são do site de notícias Campo Grande News.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Munik Nunes posa de body de renda e fãs falam de abuso de photoshop
ECOLOGIA
Número de turistas internacionais em Mato Grosso do Sul cresce 14% em 2018
FUTEBOL
Com triunfo sobre a Bolívia, Brasil chega à 100ª vitória na Copa América
ANASTÁCIO
Policial desconfia de negociação de jet ski e dupa é presa com arma e mais de R$ 13 mil
MUNDO
Hong Kong recua sobre lei que permite extradições para China
CAMPO GRANDE
Homem é assassinado por ex-marido da mulher durante encontro
MALHAÇÃO
Cleber e Anjinha se estranham e namoro fica ameaçado: 'Eu vou desistir'
ASSEMBLEIA
Escola Bilíngue para Surdos passa pela CCJR e segue a plenário
IMUNIZAÇÃO
Campanha de vacinação contra aftosa encerra neste sábado em MS
CAMPO GRANDE
Internado com suspeita de H1N1, homem morre em hospital e pode ser 15ª vítima em MS

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem foi jogado ainda vivo dentro de poço e crime ocorreu por ciúme
COLT
Preso que ordenava mortes em ‘tribunais do crime’ é transferido de MS para o RN
POLÊMICA
Dono da Havan manda “recado” a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
DOURADOS
Guarda vai atender furto e acaba prendendo homem por tráfico de drogas no Canaã 3