Menu
Busca sábado, 07 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
PESCADORES PRESOS

PMA prende e autua pescador profissional e mecânico por pesca irregular no Pantanal

13 setembro 2017 - 14h05

Policiais Militares Ambientais de Corumbá prenderam ontem (12), dois pescadores por capturar pescado utilizando petrechos proibidos. Um pescador profissional (51) e um mecânico (34) estavam em uma embarcação pescando com uma rede de pesca de 180 metros.

Os infratores já haviam capturado 25 kg de pescado das espécies pacu, cachara e pintado, utilizando o petrecho proibido por lei. Além da rede de pesca e do pescado ilegais, foram apreendidos o barco e motor de popa utilizados no crime.

Os pescadores, residente em Corumbá, receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Federal de Corumbá, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória.

Se condenados poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Cada pescador também recebeu multa de R$ 1.200. O pescado será doado a instituições filantrópicas depois de periciado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Detran/MS leiloa material ferroso e quase 800 veículos em dezembro
CÚPULA DO CLIMA
Embaixada da Alemanha contradiz Salles sobre Fundo Amazônia
JUSTIÇA
Conciliação em Jardim conclui divórcio e partilha supera R$ 6 mi
PCC
Suspeito de integrar facção será entregue à polícia brasileira
SAÚDE
Justiça determina que Jamil Name volte a Mato Grosso do Sul em 30 dias
SAÚDE
Mutirão fará diagnóstico precoce de câncer de pele em todo o país
CAMPO GRANDE
Homem morre em confronto com a polícia após grupo roubar mercado
ECONOMIA
Nelsinho Trad libera recursos de mais R$ 1 milhão para Mato Grosso do Sul
FRONTEIRA
Cabeça de adolescente foi cortada ao meio e também estava em tambor
EDUCAÇÃO
UEMS Acolhe devolve esperança para migrantes e estrangeiros

Mais Lidas

JARDIM
Comerciante é preso após balear suspeito de furtar seu estabelecimento
CAARAPÓ
Inscrições para concurso com salários de até R$ 9.172 terminam dia 09
REENCONTRO
Sandy & Junior teve segunda maior bilheteria por show em 2019
TRAGÉDIA
Corpo de trigêmea afogada no Rio Paraná é encontrado em Guaíra