Menu
Busca sábado, 06 de junho de 2020
(67) 99659-5905

PMA autua quatro caçadores e arsenal em Fazenda

16 junho 2011 - 14h00

Depois da prisão de 06 caçadores que praticavam caça na fazenda Cervo em Costa Rica, Policiais Militares Ambientais de Costa Rica prenderam mais dois caçadores na região. Ontem pela manhã, os policiais foram à fazenda BELA VISTA localizada entre Costa Rica e Figueirão, onde havia denúncia que um funcionário (tratorista) e o proprietário da Fazenda recebiam grupo de amigos para caça.

Com mandado de busca e apreensão, os policiais foram à propriedades e encontraram Geovani Cleci de Pádua (tratorista) funcionário da fazenda e apreenderam em sua residência 02 revólveres calibre 38. No local também estava outro denunciado, Mário Sérgio dos Santos. Ambos os caçadores mostraram dentro da reserva da Fazenda 01 armadilha de ferro e 01 espera, tipo giral, em cima de uma árvore e assumiram que caçavam na fazenda, inclusive, que o proprietário também seria caçador.

Diante disso, os policiais foram à residência de Nicolau Quintino de Bento proprietário fazenda, que estava ausente e apreenderam 01 espingarda tipo carabina calibre 38 com 08 munições deflagradas do mesmo calibre, 193 cartuchos calibre 12, marca CBC todos intactos, 111 cartuchos calibre 20 todos intactos marca CBC, 03 cartuchos calibre 20 deflagrados, 01 cinturão tipo baleiro de couro com coldre, 01 esqueleto de cabeça de animal da espécie veado.

Em continuidade a diligência os policiais foram até a residência de outro denunciado, Claudinilson Madureira e não encontraram armas. Porém, Geovani Cleci de Pádua confessou, juntamente com os demais envolvidos que praticavam caça, inclusive, usando a armadilha para realizar a captura dos animais. Afirmaram ainda, que há 02 semanas usaram a armadilha para realizar a captura dos animais, todos construíram a armadilha (gaiola) e na reserva depositam milho e sal para atrair, capturar e matar os animais.

Todo o material foi apreendido e os caçadores que estavam no local receberam voz de prisão por posse ilegal de armas e caça. Eles foram presos e conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Costa Rica, onde eles foram autuados por posse ilegal de armas e caça. Se condenados poderão pegar pena de 01 a 03 anos de detenção. Pela caça, a pena é de 06 meses a 01 ano de detenção. O dono da fazenda foi multado também em R$ 500,00 pelo abate do animal, que foi encontrado o esqueleto.

Com este, são 10 caçadores autuados em Costa Rica em uma semana. O Destacamento da PMA foi instalado na cidade em abril deste ano. Os combates a caçadores continuarão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE PÚBLICA
OMS revê recomendações sobre uso e segurança de máscaras
PANDEMIA
Senado iniciou teste da covid-19 para quem trabalha presencialmente
DOURADOS
Questionário realizado na UFGD irá subsidiar ações de planejamento e reorganização institucional
CORUMBÁ
Marido agride e esposa e diz a ela que não será preso por conta de pandemia
LUTO NA MÚSICA
Dulce Nunes, voz de 'Pobre menina rica' e dos anos 1960, morre no Rio
CORONAVÍRUS
Pandemia causa quase 400 mil mortes em todo o mundo
EDUCAÇÃO
Boletos do Enem devem ser pagos até o próximo dia 10
DOURADOS
Procon retoma atendimento ao público na segunda-feira
PANDEMIA
Em tempos de isolamento social, cuidados com crianças e adolescentes precisam ser redobrados
MUNDO
Campeões de ontem e de hoje, Holyfield e Joshua participam de protestos contra o racismo

Mais Lidas

PANDEMIA
Em disparada, casos de Covid-19 tem novo recorde diário e passam de 400 em Dourados
DOURADOS
Suspeito de apontar arma na cabeça de motoboy para roubar veículo é apreendido
DOURADOS
Empresário que vendeu gasolina sem imposto vê tributo mal usado no país
DOURADOS
Polícia descobre central que abastecia “bocas de fumo” e prende traficante