Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Polícia Federal efetua flagrante por tráfico interestadual de drogas no aeroporto da Capital

11 janeiro 2013 - 15h05

#####da redação



No início da tarde de ontem, policiais federais que atuavam no plantão do Aeroporto Internacional de Campo Grande prenderam em flagrante uma mulher, por tráfico interestadual de drogas. Ela tentou embarcar em um voo com destino a Manaus/AM portando aproximadamente 15 KG de Maconha acondicionada em sua bagagem.

A mulher afirmou que foi contratada para efetuar o transporte da droga até Manaus e que receberia R$ 1.500,00 pelo serviço.

Ela responderá por tráfico de drogas, podendo pegar pena que varia 5 a 15 anos, aumentada de 1/6 a 2/3 em virtude da interestadualidade do delito.

Atenta aos acontecimentos, a Polícia Federal fez o segundo flagrante em menos de uma semana no Aeroporto Internacional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÃO
Dólar fecha em forte queda e vai a R$ 5,21
DOURADOS
Simpósio integrado dos cursos de Biomedicina da Unigran supera pandemia e surpreende participantes
SUCATA PRECIOSA
Gaeco investiga se prefeitura pagou por serviços que não foram prestados em veículos
BATAGUASSU
Homem é preso por descumprir medidas protetivas de urgência
BRASIL
PL das fake news, que seria votado hoje no Senado, é retirado de pauta
DOURADOS
Preço médio da gasolina se manteve acima dos R$ 4 em maio
TRÁFICO DE DROGAS
Ação conjunta apreende 5 toneladas de maconha em rodovia estadual
DOURADOS
Prazo dado pela Justiça para prefeitura entregar equipamentos de saúde termina esta semana
INFRAESTRUTURA
Sanesul investe no abastecimento de água de Ladário e vai ampliar rede de esgotamento sanitário
DOURADOS
Pesquisa mostra alta de 2,3% na cesta básica e grande variação de valores de produtos

Mais Lidas

DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Dourados registra mais 19 casos de coronavírus em 24 horas
6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados