Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 9860-3221
MEIO AMBIENTE

Pescadores são presos fazendo arrastão com rede no rio Miranda

04 outubro 2017 - 12h35Por Da Redação

Policiais Militares Ambientais de Jardim, que trabalham na operação Pré-piracema, realizavam fiscalização no rio Miranda nas proximidades da Ponte Nova e prenderam na tarde desta terça-feira, dia 03 de outubro, dois pescadores por capturar pescado utilizando petrecho proibido (rede de pesca).

Os pescadores de 25 e 26 anos foram presos à margem do rio quando recolhiam a rede de pesca efetuando o que se chama de arrastão.

Os infratores iniciavam a pescaria e não foi encontrado nenhum pescado com eles. Prisão deste tipo indica a necessidade da realização da operação pré-piracema, pois se esses dois elementos tivessem mais tempo e encontrassem um cardume, o dizimariam rapidamente com este tipo de arrastão com a rede.

Os pescadores, residentes em Jardim, receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Cada pescador também foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 700,00.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Alessandra Negrini posta foto completamente nua e deixa público impactado
CAMPO GRANDE
Família procura adolescente que desapareceu há quatro dias
AMAMBAI
Após sair de festa, jovem é assassinado a golpes de facão
FUTEBOL
Cruzeiro empata com pênalti marcado pelo VAR e conquista o título mineiro
JUDICIÁRIO
Supremo avalia mudar regimento para aumentar julgamentos virtuais
CONCURSO
Aeronáutica abre inscrições para 180 vagas de cadetes do ar
CAPITAL
Responsável por casa de show é preso por vender bebidas a menores
EDUCAÇÃO
MEC prepara material para explicar nova política de alfabetização
MS-156
Dois homens são presos transportando 154 quilos de Maconha
PROCON
CCR-MSVias é notificada por falta de pessoal e troco em pedágio

Mais Lidas

POLÍCIA
Mulher de 41 anos é assaltada e estuprada próximo à feira-livre
DOURADOS
Indígena que morreu atropelada na MS-156 tinha 25 anos
CAARAPÓ
PF apreende quase meia tonelada de maconha em tanque de carreta
PONTA PORÃ
Homem é encontrado com as mãos decepadas na região de fronteira