Menu
Busca terça, 12 de novembro de 2019
(67) 9860-3221

Pedreiro é assassinado a facadas por causa de 200 reais

07 junho 2011 - 16h48

O pedreiro Moacir Márcio de Mattos que já residiu em Dourados, (idade não informada), foi assassinado, esta tarde, em uma casa que está sendo construída, no bairro Bandeirantes, em Lucas do Rio Verde.

Conforme informações dos policiais que atenderam a ocorrência, o acusado pelo crime é João Crispim, de 60 anos. Eles tiveram discussão por causa de R$ 200. A versão que vai ser investigada é que João teria prestado serviço para a vítima e, em troca, teria combinado o valor de R$ 600.

Moacir pagou R$ 400 e saldaria o restante em alguns dias. Esta tarde, João foi até a obra para receber os R$ 200. Como Moacir não tinha dinheiro, houve discussão e acabou levando duas facadas, uma nas costas e outra na altura do tórax.

João Crispim foi detido logo em seguida pela Polícia e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil. O corpo de Moacir está em uma funerária da cidade aguardando necropsia. Ele era casado.

Fonte: Só Noticias

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Abertas inscrições para processo seletivo de professor temporário
SAÚDE
Nelsinho Trad faz palestra sobre câncer de próstata e recorda prevenção
CAMPO GRANDE
Homem é preso após invadir casa, amarrar, ameaçar e roubar idoso
POLÍTICA
Presidente Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação de novo partido
EMPREGO
MPT lança concurso público para cargo de procurador do Trabalho
MEIO AMBIENTE
Paulista é multado em R$ 14 mil por erosão e poluição de córrego
ECONOMIA
IPVA 2020: mantidos descontos e condições de pagamento dos anos anteriores
SELEÇÃO
Comarca de Paranaíba realiza processo seletivo de estagiários
ESPORTES RADICAIS
Mountain bike reúne iniciantes e profissionais no Eco Pantanal Extremo 2019
CAPITAL
Homem que apalpou seios de garota é solto e diz que foi ‘sem querer’

Mais Lidas

BR-163
Motorista morre ao bater de frente com carreta em Dourados
DOURADOS
Acidente mata uma pessoa próximo a Embrapa
DOURADOS
Homem sofre acidente de trabalho e morre após ter 80% do corpo queimado
DOURADOS
Morto em acidente prestava serviços a indústria e teria invadido pista contrária