Menu
Busca quinta, 17 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
MEIO AMBIENTE

Pecuarista é autuado em R$ 16 mil por realizar loteamento de fazenda

19 setembro 2017 - 13h05

Policiais Militares Ambientais de Naviraí estiveram na amanhã desta terça-feira, dia 19 de setembro, em uma fazenda localizada no município de Amambai e perceberam a abertura de um loteamento, para transformação em chácaras.

O proprietário da fazenda abriu e vendeu 16 lotes, em uma área que os policiais mediram em GPS, que perfez 1,2 hectares. Em algumas áreas dos lotes já havia construção de cercas e outras benfeitorias, tudo sem autorização ambiental.

A PMA verificou a abertura de duas estradas também sem o licenciamento ambiental. O dono da fazenda, residente em Caarapó, foi autuado administrativamente e multado em R$ 16.000,00. Ele também responderá por crime ambiental de construir atividade potencialmente poluidora sem licença, com pena de três a seis meses de detenção.

O proprietário foi notificado a apresentar um projeto junto ao órgão ambiental para a possível legalização da área.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Mariana Rios posa sensual e surpreende com biquíni ousado: "que susto"
POLÍTICA
Moka confirma aposentadoria, mas diz que benefício será de R$ 8 mil
RIO BRILHANTE
Motorista fica ferido ao perder controle de veículo e parar em valeta
CALOR
Demanda por energia elétrica atingiu novo recorde nesta quarta-feira
CAARAPÓ
Homem simula sequestro para enganar mãe e acaba preso
JUSTIÇA
TJ/MS extingue Câmara e institui juiz substituto em 2º Grau
ATAQUES
Policiais encontram 700 kg de explosivos em apartamento de Fortaleza
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende dois veículos com produtos eletrônicos na MS-141
STJ
Ex-presidente do Naviraiense é condenado por desviar R$ 247 mil
CRIME BÁRBARO
Mãe de santo acusada de homicídio em MS será julgada nesta quinta-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Rapaz assassinado em emboscada foi preso por tentativa de furto a caixa eletrônico
NOVA LEI
Multa mínima para quem capturar Dourado na próxima temporada de pesca será de R$ 2,7 mil
INQUÉRITO CIVIL
Denúncia leva MP investigar recursos destinados à Saúde de Dourados
DOURADOS
Seis são apontados por participação em emboscada que matou interno do Semiaberto