Menu
Busca quinta, 09 de abril de 2020
(67) 9860-3221
CRIME AMBIENTAL

Paulistano é multado em R$ 21 mil por derrubar mata atlântica em MS

25 janeiro 2020 - 19h00Por Redação

Um homem de 45 anos, residente em São Paulo, capital, foi autuado administrativamente e multado em R$ 21.000,00 por desmatamento ilegal de vegetação protegida de Mata Atlântica no interior de Mato Grosso do Sul. Ele também responderá por crime ambiental, cuja pena prevista é de um a três anos de detenção.

Esse crime foi flagrado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) durante fiscalização nas propriedades rurais do município Iguatemi, na tarde de sexta-feira (24).

O infrator é proprietário de uma fazenda localizada a 3 km da zona urbana de Iguatemi. Segundo a PMA, ele realizava o desmate de 2,34 hectares de Mata Atlântica, bioma protegido pela Lei Federal 11.428/2006, sem autorização do órgão ambiental.

Árvores com mais de um metro de circunferências foram arrancadas por máquinas. As atividades foram interditadas.

Ele foi notificado a apresentar plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental, em prazo de 30 dias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Mulher foi atacada com facão pelo filho sem motivo após ele beber
AGLOMERAÇÃO
Bolsonaro abraça pessoas e posa para fotos em padaria de Brasília
CAMPO GRANDE
Condenado a 13 anos, homem é preso sete anos depois do crime
UFGD
Inscrições para contratação de professor visitante vão até o dia 17
RIBAS DO RIO PARDO
Caseiro atira contra ‘invasores’ e descobre que eram parentes do patrão
SOLIDARIEDADE
Campanha do Agasalho Abevê espere arrecadar 38 mil peças de roupa
DOURADOS
Inova Unigran desenvolve protótipos de protetores faciais para doação
ESTALIONATO
Produtor rural perde cerca de R$ 123 mil em golpe de venda de gado
RURAL
MS deve registrar safra de 11 milhões de toneladas, maios da história
TRÊS LAGOAS
Motorista é preso após digirir bêbado por mais de 30 quilômetros

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tenta desviar de buraco, é atropelada por carreta e morre
DOURADOS
Assassinos de homem no Parque das Nações roubaram celular de testemunha
DOURADOS
Na volta ao atendimento, populares formam filas longas em frente a agências bancárias
DOURADOS
Mulher morta em acidente cursava pedagogia e terá corpo levado a Naviraí