Menu
Busca sexta, 23 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Pai e madrasta são acusados de torturar menino de 6 anos

07 novembro 2017 - 09h42Por G 1

Um menino de 6 anos era torturado pelo próprio pai e pela madrasta em Campo Grande, segundo a Polícia Civil. O caso está sendo investigado na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

A última agressão teria acontecido no dia 24 de outubro e o caso foi registrado um dia depois. De acordo com as investigações, uma professora da escola onde o garoto estuda sentiu cheiro de fezes na sala de aula e levou a criança ao banheiro. Foi quando viu que o menino estava cheio de marcas nas pernas, nádegas e rosto.

O garoto contou que apanhava de cinto da madrasta e que o pai fazia com que ele ajoelhasse em tampas de garrafa e cacos de vidro, de acordo com o delegado Paulo Sérgio Lauretto.

A polícia registrou o caso como tortura qualificada, porque a intenção do pai era unicamente causar sofrimento físico à criança.

O Conselho Tutelar encaminhou o menino para um abrigo e o pai e a madrasta ainda serão ouvidos. O caso está sendo investigado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUBSTITUIÇÃO
Novo comandante da Sudeco assume por indicação de político de MS
BRASIL
Temer anunciará criação do Ministério de Segurança Pública na segunda-feira
PIRACEMA
Pescadores são multados por pesca ilegal no Rio Sucuriú
EDUCAÇÃO
Avaliação do MEC comprova excelência do curso de Educação Física da Unigran
POSSE
Aprosoja empossa amanhã diretoria do biênio 2018/19 em MS
Cerimônia de posse acontece amanhã (24), às 19h30, em Campo Grande
CAPITAL
IEL abre inscrições para curso de capacitação de líderes
CAMPO GRANDE
PMA flagra caçador com rifle, cateto e três seriemas abatidas
TEMPO EM DOURADOS
Dourados registra manhã mais fria do ano: 15.7ºC
MAIS CARO
Valor das passagens de ônibus devem subir quase 5%
BRASIL
MP sobre concessão de rodovias perderá validade nesta segunda-feira

Mais Lidas

MS-276
Homem morre em acidente entre Indápolis e Lagoa Bonita
DOURADOS
Mulher é baleada durante assalto na avenida Indaiá
DOURADOS
Fundadora de creche vai à polícia após denúncia de agressão
AVENIDA INDAIÁ
Baleada em assalto em Dourados passa por cirurgia