Menu
Busca segunda, 15 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
OPERAÇÃO ECHELON

Operação para desestruturar PCC prende 63 pessoas em todo o País

14 junho 2018 - 21h50Por Agência Brasil

Sete presos foram transferidos para o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) e 63 mandados de prisão foram cumpridos nesta quinta-feira, dia 14 de junho, na Operação Echelon, feita pelas secretarias da Segurança Pública e Administração Penitenciária de São Paulo, em conjunto com o Ministério Público. O objetivo foi desestruturar a cúpula da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Também foram cumpridos 55 mandados de busca e apreensão.

A operação teve início há um ano com a interceptação de mensagens, o chamado “salve”, que integrantes do PCC emitiam para integrantes da facção fora do presídio. De acordo com o secretário de Administração Penitenciária, Lourival Gomes, com a transferência, em 2016, de líderes da facção para o RDD, entre eles Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, a relação de poder foi substituída e novos integrantes passaram a enviar as mensagens.

Gomes explicou que foi possível recuperar as mensagens com a instalação de telas no esgoto dos presídios. “Na medida em que entrávamos com o nosso pessoal, os presos rasgavam e colocavam esses salves na privada e davam descarga. Nós simulamos um problema no esgoto na penitenciária, instalamos telas e nos dias que sabíamos que tinha mais rascunhos, que era quinta e sexta, entramos com o pessoal e esses manuscritos foram jogados fora, mas pararam nessas redes”, descreveu.

Ordem para execuções de agentes públicos

O teor das mensagens não foi divulgado, mas, entre outros comunicados, elas se referiam a ordens para execuções de agentes públicos ou inimigos da facção, rebeliões em presídios e ataques a ônibus. Na avaliação dos responsáveis pela operação, é possível que novos interlocutores sejam definidos, mas a estruturação dessa rede de comunicação leva tempo pois requer estabelecimento de relações de confiança entre os membros da facção.

O secretário de Segurança Pública, Mágino Alves, avaliou a operação como um “golpe sério e duro” ao PCC. “Desarticula essa organização criminosa e possibilita uma ação de autoridade de outros estados. Essa ação criminosa atingia outros estados da federação, então é um golpe a essa organização criminosa”, disse.

Mário Luiz Sarrubbo, subprocurador-geral de Justiça do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) apontou que “foi estancada uma importante célula da criminalidade organizada que gerava reflexos em outros estados da federação”. Ele acrescentou que o trabalho de investigação terá continuidade e que as medidas judiciais cabíveis serão solicitadas pelo MP. “O trabalho apenas se inicia”.

Das 63 prisões, 51 são de pessoas que já estão em presas e três ocorreram em flagrante. O promotor Linconl Gakiya, do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) de Presidente Prudente, no interior paulista, explicou que, apesar de parte deles já estar presa, a decretação de prisão preventiva por organização criminosa impede que eles venham a ser libertados pelo crime anterior pelo qual estavam detidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOMBEIROS
Jacaré-de-papo-amarelo é solto na natureza após ser resgatado
ELEIÇÕES 2018
Eleitores podem solicitar certidão de quitação eleitoral pela internet
MEDICINA
Inscrições para a segunda fase do Revalida 2017 terminam hoje
CARNE FRACA
Polícia Federal indicia Abílio Diniz por organização criminosa
TRÊS LAGOAS
Jovem de 21 anos tem 30% do corpo queimado com soda caustica
BRASIL
Ministro faz apelo ao Congresso para aprovar MP que vence nesta semana
EDUCAÇÃO
Inscrições ao Mestrado Acadêmico em Letras terminam sexta-feira
PESQUISA
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ECONOMIA
Dólar fecha em queda de mais de 1%
QUADRILHA PRESA
Preso em assalto a família em Fátima do Sul mentiu o nome à polícia

Mais Lidas

DOURADOS
Ciclista sofre atropelamento e fica em estado gravíssimo
TRAGÉDIA
Douradense morre em acidente no RS
DOURADOS
Família busca notícias de mulher que abandonou carro e embarcou na rodoviária
DOURADOS
Traficante que atuava com “disk drogas” é preso