Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Operação ‘Entreposto’ apreende 5 toneladas de mercadorias contrabandeadas do Paraguai

10 dezembro 2012 - 17h00

Operação denominada ‘Entreposto’ desencadeada na manhã desta segunda-feira (10) por Policiais Civis, em conjunto com Auditores e Analistas da Receita Federal, e apoio operacional da Polícia Militar, apreendeu cinco toneladas de mercadorias contrabandeadas do Paraguai em Nova Alvorada do Sul – distante a 120 km de Campo Grande. Foram expedidos mandados de busca e apreensão para barracas que comercializam produtos importados, além de residência de particulares. Os trabalhos tiveram início às 6h.

Segundo informações da Polícia Civil, logo pela manhã cerca de cerca de 30 pessoas - entre Policiais civis e militares e agentes da receita federal – saíram às ruas para cumprir os mandados. Foram apreendidas centenas de mercadorias não declaradas à Receita no local conhecido como ‘camelódromo’.

Também mandados de busca e apreensão foram cumpridos em residências de ‘sacoleiros’ que fazem remessas de grande volume de mercadorias para outras cidades. Foram apreendidas mercadorias diversas entre brinquedos, roupas, maquiagem, utensílios e outros, que encheram dois caminhões baú.

Além disso, foram apreendidos e recolhidos ao pátio da Polícia Civil quatro veículos “finan” - financiados em nome de laranjas e cujas parcelas encontram-se sem pagamento. Segundo a policia, tais veículos, por serem “descartáveis”, são empregados no transporte de mercadorias contrabandeadas do Paraguai para a cidade de Nova Alvorada do Sul .

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Thiago Passos, a operação foi desencadeada após levantamento de informações sobre o possível comércio de produtos não legalizados. “A polícia civil fez um levantamento que constatou um grande número de despacho de mercadorias na cidade. A isso foram juntadas informações da Polícia Militar e da receita Federal”, declarou.

O delegado informou que durante a operação não houve qualquer tipo de resistência. Segundo Passos, as mercadorias apreendidas serão encaminhadas para a Receita Federal de Corumbá. A reportagem entrou em contato com a Receita para saber o que será feito com o material apreendido, mas não obteve resposta.

Entreposto

A Operação foi batizada de Entreposto, pois segundo levantamento da Polícia, a cidade de Nova Alvorada do Sul vinha funcionando como um entreposto de mercadorias contrabandeadas das regiões de Pedro Juan Cabalero e Ciudad Del Este, no Paraguai.

De Nova Alvorada, as mercadorias eram embaladas, fracionadas e encaminhadas para os centros consumidores de comércio popular de cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e das regiões Norte e Nordeste do país. Para o transporte, os contrabandistas empregavam a modalidade “formiguinha”, na qual as mercadorias são despachadas em pequenas quantidades em nome de laranjas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRESO NA LAVA JATO
Justiça autoriza transferência de Eduardo Cunha para o Rio de Janeiro
SOCIAL
Famílias de baixa renda podem solicitar abatimento na conta de luz
PMA
Dono de imobiliária é autuado por prejuízo em área protegida durante construção de loteamento
FUTEBOL FEMININO
Seleção Brasileira começa trabalhos nesta tarde visando a Copa do Mundo
AMBIENTAL
Homem é autuado por desmatamento ilegal de 10 hectares em Corguinho
SAÚDE
Saúde confirma mais duas mortes por dengue em Dourados
DOURADOS
Mulher é presa na rodoviária com droga que seria levada para o interior de SP
POLÍCIA
Motorista de caminhonete receberia R$ 6,5 mil para levar droga até São Paulo
GUERRA DAS FRUTAS
Mulher Melão e Mulher Pêra trocam farpas no palco do "Superpop"
DECISÃO
Moro lamenta retorno do Coaf ao Ministério da Economia

Mais Lidas

POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
DOURADOS
Preso em operação estava sob monitoramento por assalto
PEDRO JUAN
Três suspeitos de chacina na fronteira são presos pela polícia paraguaia
PEDRO JUAN
Seis morrem e uma criança fica ferida após ataque de pistoleiros na fronteira