Menu
Busca segunda, 30 de março de 2020
(67) 9860-3221
FRONTEIRA

Operação contra o tráfico termina com um morto e acampamento de droga destruído

12 julho 2019 - 09h42Por Da Redação

Operação realizada na manhã desta sexta-feira (12/7) na região de fronteira com o Paraguai terminou com homem morto e um acampamento utilizado para processar a maconha destruído por policiais da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do país vizinho. A Polícia Federal do Brasil prestou apoio. 

A ação ocorre em Capitan Bado, próximo a Coronel Sapucaia, em Mato Grosso do Sul. A região é conhecida pela violência. 

De acordo com o portal do jornal ABC Color, o acampamento tem grande capacidade de processamento e armazenamento da droga. Quando a polícia chegou, houve troca de tiros e um homem ainda não identificado acabou morto. 

Ainda conforme as informações apuradas pela imprensa paraguaia, há feridos.

Um dos principais traficantes da localidade foi levado pelos policiais, trata-se de Fredy Ariel Irala Fernández, conhecido como Lico'i.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPO
Segunda-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
SAÚDE
Covid-19: número de mortes no Brasil sobe para 136
COVID-19
Estado confirma mais cinco casos de coronavírus; Dourados segue com dois
INTERNACIONAL
Novo embaixador dos Estados Unidos chega ao Brasil
MATO GROSSO DO SUL
Bombeiros fazem alerta para aumento de 133% na quantidade de incêndios
DEFENSORIA PÚBLICA
DPU cria canal para denúncias durante o enfrentamento ao coronavírus
MATO GROSSO DO SUL
Calendário de vacinação contra aftosa será mantido
BRASIL
Bolsonaro dá passeio em Brasília após Mandetta enfatizar isolamento
ACIDENTE
Motociclista morre ao colidir em touro em cidade do interior
ESTAVA NA PED
Mato-grossense é preso com por tráfico de drogas em Dourados

Mais Lidas

COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Estado avisou sobre contato entre douradense e morador da Capital com Covid-19
AQUIDAUANA
Quatro homens são autuados em R$ 10,4 mil por pesca predatória em MS