Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221
TRÊS LAGOAS

Mulher presa por tramar atentado contra promotor deixa prisão

13 junho 2018 - 08h04Por Da Redação

Depois de ficar um mês presa Maika Luzia Gomes Romão de Almeida, de 21 anos, deixou na manhã desta terça-feira, dia 12 de junho, o presidio feminino de Três Lagoas. 

A jovem foi detida depois de tramar o atentado contra o promotor que teria determinado que ela perdesse a guarda dos três filhos, todos menores de 3 anos, ainda no ano de 2015. Conforme o site JPNews, ela obteve liminar de soltura após habeas corpus impetrado pela defesa dela.

O caso

O Ministério Público acusou a jovem de mau comportamento diante dos filhos e a proibiu de chegar perto deles. As crianças foram levadas a Casa de Acolhimento no bairro Santos Dumont. A jovem também perdeu benefícios sociais. Uma das assistentes sociais chegou a registrar um boletim de ocorrência contra Maika por ameaça de morte, em 25 de julho de 2017.

Em janeiro deste ano, Maika acusou assistentes sociais de maus tratos aos filhos e postou em rede social, fotos de ferimentos, supostamente nas costas das crianças e afirmou que as imagens eram do início do ano de 2017. Um novo B.O. foi registrado contra ela, pela direção do Conselho Tutelar.

Em 26 de fevereiro de 2018, Maika, juntamente com o grupo Mães Unidas fizeram passeata no centro de Três Lagoas, em prol da jovem. No entanto, a prisão da mulher foi motivada depois que próprios familiares da jovem teriam informado que ela “e pessoas de elevada periculosidade" estariam tramando um atentado contra um membro do Ministério Público e seus parentes, justamente pela decisão da justiça de que seus filhos fossem encaminhados a um abrigo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Soltos pela justiça, casal volta a ser preso por assassinato de deficiente
CONCURSO
Inscrições para 500 vagas na Polícia Federal começam nesta terça
TEMPO
Terça-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
UAU
Jessica Ellen faz ensaio nu e celebra "iniciar novos ciclos"
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito
JUSTIÇA
Acusado de tentativa de homicídio vai a júri popular nesta terça-feira
ECONOMIA
Decolar.com é multada em R$ 7,5 milhões pela prática de “geopricing”
TRÊS LAGOAS
Dupla armada rende funcionária de clínica para roubar caminhonete
FRONTEIRA
Jovem tem cabelo cortado e acusa duas mulheres de agressão
LAVA JATO
PF indicia ex-procurador Marcelo Miller e Joesley Batista por corrupção

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
DOURADOS
Polícia fecha boca de fumo e prende homem no Clímax
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família
DOURADOS
Mulher é presa em posto de saúde com moto furtada há dois anos