Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221
TRÁFICO

Mulher é presa transportando drogas em ônibus

14 março 2018 - 16h20Por Da Redação

Policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) prenderam, na manhã de quarta-feira (14) por volta das 8h, uma mulher de 34 anos de idade transportando 19,9 quilos de maconha.

A prisão ocorreu durante uma abordagem do bloqueio policial para fiscalização na rodovia MS-295 a um ônibus de passageiros, que seguia de Sete Quedas para Mundo Novo. A mulher mentiu para os policiais ao dizer que não tinha bagagens no ônibus.

Foi contatado, através dos bilhetes de passagens, que ela era a passageira responsável por quatro bagagens.  

A mulher confessou que pegou os 20 volumes prensados da droga, de um homem desconhecido, em um ponto de ônibus em Sete Quedas e legaria o entorpecente para Vitória (ES). 

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Iguatemi para os procedimentos legais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
ProUni oferece 174 mil vagas; inscrições começam dia 26
DOURADOS
Câmara aprova projeto sobre eleições de diretores em escolas municipais
ELEIÇÕES 2018
Puccinelli volta a afirmar que vice será da região de Dourados
MANIFESTO
Educadores se unem por aumento, mas apenas magistério terá reajuste
DOURADOS
Juarez é advertido verbalmente por caso “200 contos”
DURANTE FISCALIZAÇÃO
Dupla de caçadores é presa e PMA apreende armas e munições
GERAL
Marçal cobra mais atenção para a educação em Dourados
EDUCAÇÃO
IFMS abre 1.140 vagas em cursos de qualificação profissional gratuitos
Cursos são ofertados em 13 municípios, nas modalidades presencial e a distância; inscrições têm início no dia 25 de junho
DOURADOS
Indígena é preso com moto furtada em 2017
ESPORTE
Corumbaense disputará Sub-19, depois de Coxim deixar o campeonato

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família
DOURADOS
Polícia fecha boca de fumo e prende homem no Clímax
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito