Menu
Busca terça, 18 de junho de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Mulher é presa na rodoviária com droga que seria levada para o interior de SP

Ela contou ter adquirido o entorpecente em Ponta Porã

23 maio 2019 - 11h46Por Vinicios Araújo

Maryellen Rosa Minhão Andrade, 26, foi presa na rodoviária Renato Lemes Soares, em Dourados, após ser flagrada com mala recheada de droga. O entorpecente seria levado para Lins (SP), onde a jovem mora. 

A ação aconteceu por volta das 15h30 de ontem (22). Durante o flagrante realizado por equipe da Guarda Municipal, foram encontrados dois pacotes prensados de skunk, pesando 2,850 quilos da droga, e sete tabletes de maconha, que pesaram 7,150 quilos.

Ela disse ter comprado o entorpecente em Ponta Porã investindo R$ 5 mil. A droga seria revendida por ela mesma em Lins, cidade do interior paulista. Pelo quilos da maconha ela disse que pagou R$ 400, enquanto pelo skunk o investimento foi de R$ 1 mil pelo quilo. 

Autuada, Maryellen foi levada até o 1° Distrito Policial de Dourados onde continua presa.


Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Após intervenção, Délia nomeia novo diretor administrativo para Funsaud
RODOVIAS FEDERAIS
Operação Corpus Christi começa nesta quarta-feira
CAMPO GRANDE
Açougueiro é preso após ser flagrado furtando picanha de mercado
POLÊMICA
Atriz fala sobre aborto depois de morte da personagem em "A Dona do Pedaço"
DOURADOS
Assentado é multado por explorar madeira em área protegida
MODA E CIA
Jeans no inverno: como usar a camisa e a jaqueta de forma estilosa na estação
BRASIL
MP que facilita leilões de bens apreendidos de traficantes é publicada em Diário Oficial
ÁGUA CLARA
Abordagens terminam com apreensão de skunk e maconha; drogas totalizaram mais de 800kg
TRÂNSITO
Agepan fiscaliza e orienta motoristas sobre prática de carona amiga
ESTÉTICA
Conheça o sabonete de limpeza ideal para cada tipo de pele

Mais Lidas

AQUIDAUANA
Douradense desaparece nas águas do rio Aquidauana durante banho
PARAGUAI
Motim termina com 10 mortos e presos queimados e decapitados
MASSACRE EM SAN PEDRO
Ministro paraguaio promete expulsar membros do PCC após motim com 10 mortos
PONTA PORÃ
Mulher grávida é assassinada com 4 tiros na região de fronteira