Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Mulher assassinada na Capital era tia da cantora Lia Mayo

17 maio 2011 - 11h07

Creuzina Alves Gomes, 59 anos, assassinada por volta das 19 horas de ontem, no bairro Buriti, em Campo Grande, era tia da cantora Lia Mayo, conhecida por shows de axé em todo o Estado, como festa tradicionais de virada de ano em Campo Grande e Carnaval.

O crime ocorreu no início da noite de ontem, depois que um garoto de 17 anos invadiu a casa da vitima para furtar e acabou surpreendido por Creuzina.

O adolescente foi apreendido na sequência, porque era conhecido da família e foi visto saindo da residência.

Lia Mayo não foi localizada, segundo amigos ela está em Campo Grande.

Creuzina foi estrangulada com um fio de ferro-de-passar e depois esfaqueada.

O adolescente tem passagens pela Polícia desde os 12 anos.

O velório deve começar à tarde, na PAX Nacional. A capela fica na avenida Marechal Deodoro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Incêndios atingem Estrada-Parque, onde ponte de madeira de 70m virou cinzas
SAÚDE
Cassems realiza bate papo digital sobre ‘amamentação em tempos de pandemia’
DOURADOS
Mulher é furtada após sofrer acidente na Coronel Ponciano
SAÚDE & BEM - ESTAR
Falando de Memória de Trabalho, porque ela é tão importante na aprendizagem!
SECRETARIADO
Trocas no primeiro escalão da Prefeitura de Dourados chegam a 50
LEGISLATIVO
Deputados analisam cinco matérias na sessão desta terça-feira
INTERNACIONAL
Rússia anuncia primeira vacina contra a covid-19
EDUCAÇÃO
UNIP POLO DOURADOS-MS
REGIÃO
Detran-MS alerta sobre prazos que estão suspensos por conta da pandemia
INFORME PUBLICITÁRIO
Tijolos Dalfort: A cada milheiro produzido, 2,5 mil garrafas de vidro são retiradas do meio ambiente

Mais Lidas

REGIÃO
Professora morre ao ter moto atingida por carro
DOURADOS
Suspeito de atropelar motociclista durante racha na BR-163 se apresenta à polícia
DOURADOS
Acidente entre carro e moto deixa homem em estado gravíssimo
FRONTEIRA
Ex-lutador de MMA é executado a tiros em confraternização