Menu
Busca quarta, 19 de junho de 2019
(67) 9860-3221
PEDRO JUAN

Motociclista tenta se esconder em delegacia do Paraguai e acaba preso

11 janeiro 2019 - 21h20Por Da Redação

Enquanto fugia de policias militares brasileiros, o motociclista Jhonatan dos Santos Morinigo, de 31 anos, foi preso ao tentar se esconder, justamente, em uma delegacia de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

A primeira tentativa de abordagem do suspeito aconteceu ainda no lado brasileiro da fronteira. A bordo de uma motocicleta modelo Honda, CB 300 cilindradas, ele desobedeceu a ordem de parada dos policiais de Ponta Porã e iniciou a fuga pelas ruas da cidade.

Durante o trajeto ele cruzou a fronteira e tentou se esconder em um grupamento da Polícia Nacional do Paraguai em Pedro Juan Caballero, onde acabou detido.

Segundo o site Porã News, não há informações sobre o porque o motociclista tentou fugir dos policiais. Contudo, após ser preso ele passou por exame de corpo de delito e foi entregue as autoridades sul-mato-grossenses.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Em cenário paradisíaco, Letícia Lima brinca: "estou insuportável"
CAMPO GRANDE
Mãe procura rapaz de 21 anos que desapareceu no último sábado
UEMS
Estão abertas as inscrições para o Programa de Mobilidade Nacional
JUSTIÇA
Homem é condenado por esfaquear mulher e terá que pagar R$ 8 mil
TRÂNSITO
Mais de 233 mil veículos devem passar pela BR-163 no feriado
POLÍTICA
Cinco partidos de oposição anuncia obstrução à reforma da Previdência
DIA 24
Luiza Brunet será empossada embaixadora do Mãos EmPENHAdas
RURAL
Plano Safra terá R$ 225,59 bilhões em créditos para agricultores
CAMPO GRANDE
Mulher vai ao salão de beleza e quando sai encontra veículo incendiado
POLÍTICA
Senado aprova parecer que pede suspensão dos decretos das armas

Mais Lidas

FATALIDADE
Corpo de douradense é encontrado no rio Aquidauana
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
PARAGUAI
Homem escapa de sequestro, mas acaba executado por pistoleiros em posto
RESERVA INDÍGENA
Dois são presos suspeitos pelas mortes de tio e sobrinho em Dourados