Menu
Busca quarta, 19 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Mineira e capixaba são presas em MS com maconha em mochilas

27 novembro 2012 - 11h48



Durante fiscalização da Polícia Rodoviária Federal no km 68 da BR 463 no Posto Capey, no município de Ponta Porã, por volta das 07h30 de ontem (26), foram encontrados quatro malas e duas mochilas recheada de maconha.

As malas estavam no bagageiro externo de um ônibus intermunicipal, que liga Ponta Porã X Campo Grande, sendo identificadas como proprietária da droga, uma capixaba de nome Dayane Ribeiro de 19 anos e uma mineira Elisangela Lucia Costa, de 24 anos, ambas moradoras na cidade de Contagem - MG.

As garotas disseram que adquiriram a droga próximo à rodoviária de Ponta Porã onde a transportariam até sua cidade e receberiam R$ 1.000 cada pelo serviço.

A droga pesou aproximadamente 50 kg e as presas foram encaminhadas à Policia Federal de Ponta Porã para o devido flagrante.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
PIB cresce 1,2% no trimestre encerrado em outubro, diz FGV
MATO GROSSO DO SUL
Resolução renova autorização de funcionamento de etapas da Educação Básica nas escolas
DOURADOS
Câmara institui o Dia Municipal de Combate à Intolerância Religiosa
BRASIL
Defesa de João de Deus recorrerá ao STJ para tentar prisão domiciliar
MS/PARAGUAI
Grupo usa explosivos e destrói casas e carros em ataque na fronteira
JAQUE DIERINGS
Eu apoio o Natal para Todos - Dourados Brilha
ANASTÁCIO
Traficante que seguia de carona é preso com 23 quilos de maconha
TELEVISÃO
Ana Maria comete gafe ao mostrar inseto em prato no “Mais Você”
ESPORTES
Isaquias Queiroz e Ana Marcela Cunha vencem o Prêmio Brasil Olímpico
ECONOMIA
Empresas tem até amanhã para pagar a 2ª parcela do 13º salário

Mais Lidas

DOURADOS
Comandante da Guarda Municipal é mais um a deixar governo Délia
DOURADOS
Internauta flagra acidente entre van e caminhonete no centro; veja vídeo
ITAQUIRAÍ
Corpo de bebê recém-nascido é encontrado boiando em açude
FÁTIMA DO SUL
Incêndio destrói casa e mulher suspeita de envolvimento do ex no caso