Menu
Busca segunda, 14 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
CAPITAL

Membro do PCC ‘especializado’ em arremessar droga para dentro de presídios é preso

Prisão ocorreu no Jardim Noroeste, na madrugada deste domingo; Foi presa ainda uma mulher que registrava o crime em fotos e outra que era dona da cada onde estava o entorpecente.

19 maio 2019 - 10h35Por G1MS

A Polícia Militar prendeu na madrugada deste domingo (19), em Campo Grande, um membro da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), que admitiu ser especialista em uma modalidade de tráfico de drogas chamada de “pombo”, em razão de se caracterizar por arremessos de porções de entorpecente para dentro de presídios.

A prisão ocorreu durante uma ronda no bairro Jardim Noroeste. Na checagem dos dados de um jovem, de 25 anos, os militares descobriram que ele estava evadido do sistema prisional desde fevereiro deste ano e que havia um mandato de prisão expedido em abril.

Havia ainda contra o jovem, o registro no sistema de polícia de duas ocorrências o envolvendo, uma de ameaça e participação em organização criminosa e outra de tráfico de drogas. As duas, de março deste ano.

Questionado sobre esses casos, o suspeito disse aos policiais que fazia tráfico, arremessando as drogas para dentro de presídios. Ele, inclusive, mostrou algumas fotos que registravam as ações criminosas. O jovem ainda indicou onde estaria guardada parte da droga, uma outra casa no mesmo bairro.

No local indicado foram encontradas duas mulheres. Uma de 30 anos, que se apresentou como dona da casa e que revelou que seu marido era detento do Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande.

A outra, admitiu que tinha tirado a foto encontrada no celular do suspeito e indicou ainda onde teria “guardado” a droga indicada por ele. Na geladeira estavam sete porções de maconha e no meio de roupas 106 gramas de cocaína. Foram encontrados ainda no imóvel uma tesoura e três rolos de fita adesiva, que seriam usados para embalar o entorpecente.

A dona da casa alegou que não sabia que as drogas estavam escondidas na residência, mas, assim como a outra mulher e o suspeito, foi presa e encaminhada para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro, onde os três foram autuados por tráfico de drogas e associação criminosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BALANÇO
PM apreende cerca de sete milhões de maços de cigarros e 150 toneladas de drogas em 2019
ROCHEDO
Estudante é multado por pesca ilegal em rio e tem petrecho apreendido
ELEIÇÕES 2018
Botafogo apresenta Valentim oficialmente como treinador
PEDRO JUAN
Motorista de aplicativo é morto com 15 tiros na fronteira
MÚSICA
Com músicas disponíveis em plataformas, compositora de MS lança disco na próxima semana
CORUMBÁ
Corpos de trabalhadores mortos em fazenda são levados para Guia Lopes
BRASIL
Bolsonaro discute pedido de prestação de contas ao PSL
FUTEBOL
Três jogos abrem a 29ª rodada da Série B do Brasileirão
NOVA DATA
Escolagov prorroga inscrições do Processo Seletivo para professores
ACIDENTE
Família pede doação de sangue a homem internado há quase dois meses no HV

Mais Lidas

CLIMA
Previsão aponta dias chuvosos e queda de temperatura em Dourados
DOURADOS
Acionados para atender queda de moto, Bombeiros só encontram vítima no local
DOURADOS
Clima fica tenso com índios presos em confrontos às margens da Perimetral Norte
MS
Idosa é atingida por jaca durante procissão e precisa ser socorrida