Menu
Busca terça, 19 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Laudo preliminar diz que agressões não foram suficientes para matar mulher

01 novembro 2017 - 10h16Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Laudo preliminar aponta que Neusa Vera, 37, teria morrido em decorrência de causas naturais e não após agressões. O óbito da mulher foi registrado na noite de segunda-feira (30) no assentamento indígena Ñ Porã, em Dourados. 

Conforme o apurado pelo Dourados News, a delegada titular da Delegacia da Mulher no Município, Paula Ribeiro dos Santos, já encaminhou à Justiça o pedido de soltura de causadas , Rusimar Cáceres, 24, principal suspeito, que passará por audiência de custódia ainda hoje (1).

De acordo com o documento, Neusa possuía vários sinais de agressões pelo corpo, porém, no entender do legista, não o suficiente para causar a sua morte. 

A principal suspeita é que ela possa ter morrido por asfixia ou parada cardíaca, já que consumia bebida alcoólica antes do fato.

Ao ser preso, Rusimar contou à polícia que morava com a vítima há um mês e saiu para trabalhar na segunda. Quando retornou, a encontrou bebendo com homem identificado como Lelo Rodrigues. 

Cansado, disse ter jantado e deitado. Mais tarde, conforme depoimento do suspeito, ouviu-se grito de socorro e quando chegou, encontrou Neusa caída.

Lideranças indígenas foram acionadas e contataram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), porém, a mulher estava morta.

Apesar do depoimento do rapaz, testemunhas confirmaram que ele havia cometido o crime. 

Rusimar permanece preso no aguardo da decisão judicial e as investigações sobre o caso continuam, incluindo a realização de exames mais detalhados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Após golpes de garotas de programa, polícia orienta cliente pagar em dinheiro
POLÍTICA
WhatsApp diz ter banido 400 mil contas durante as eleições de 2018
MIRANDA
Polícia prende três bolivianos transportando 23 quilos de cocaína
MENSAGENS
Defesa Civil vai emitir alerta de desastres aos clientes de TV a cabo
TRÊS LAGOAS
Menina de 11 anos tenta esfaquear pai para proteger mãe de agressões
MANCHAS
Pesquisadores apontam outro navio por derramar de óleo no Nordeste
CORUMBÁ
Homem invade residência, atira em outro e foge de caminhonete
COAF
Toffoli revoga decisão de acessar dados sigilosos de 600 mil contribuintes
SEXTA EDIÇÃO
Festival gastronômico CataGuavira começa sexta-feira em Bonito
UEMS
Ação preventiva sobre a saúde do homem será quinta-feira em Dourados

Mais Lidas

TRÂNSITO
Aos 84 anos, mulher sai de bailão bêbada e acaba presa após acidente em Dourados
FRONTEIRA
Homem é executado com mais de 20 tiros e gestante baleada
FRONTEIRA
Alvo de pistoleiros, jovem fica ferido após ser atingido por disparos em frutaria
ROCHEDO
"Velho do PCC" morre em confronto com o Choque