Menu
Busca sábado, 21 de abril de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018
DOURADOS

Laudo preliminar diz que agressões não foram suficientes para matar mulher

01 novembro 2017 - 10h16Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Laudo preliminar aponta que Neusa Vera, 37, teria morrido em decorrência de causas naturais e não após agressões. O óbito da mulher foi registrado na noite de segunda-feira (30) no assentamento indígena Ñ Porã, em Dourados. 

Conforme o apurado pelo Dourados News, a delegada titular da Delegacia da Mulher no Município, Paula Ribeiro dos Santos, já encaminhou à Justiça o pedido de soltura de causadas , Rusimar Cáceres, 24, principal suspeito, que passará por audiência de custódia ainda hoje (1).

De acordo com o documento, Neusa possuía vários sinais de agressões pelo corpo, porém, no entender do legista, não o suficiente para causar a sua morte. 

A principal suspeita é que ela possa ter morrido por asfixia ou parada cardíaca, já que consumia bebida alcoólica antes do fato.

Ao ser preso, Rusimar contou à polícia que morava com a vítima há um mês e saiu para trabalhar na segunda. Quando retornou, a encontrou bebendo com homem identificado como Lelo Rodrigues. 

Cansado, disse ter jantado e deitado. Mais tarde, conforme depoimento do suspeito, ouviu-se grito de socorro e quando chegou, encontrou Neusa caída.

Lideranças indígenas foram acionadas e contataram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), porém, a mulher estava morta.

Apesar do depoimento do rapaz, testemunhas confirmaram que ele havia cometido o crime. 

Rusimar permanece preso no aguardo da decisão judicial e as investigações sobre o caso continuam, incluindo a realização de exames mais detalhados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Quatro árbitros de MS são escalados para os Brasileiros das Séries C e D
DOURADOS
Demissões aumentam, mas acumulado do ano ainda é positivo
FERIADO
Comércio e shopping abrem normalmente neste sábado
SORRISÃO
Graciele Lacerda faz ensaio fotográfico e exibe corpão à beira da pescina
PRAZO MÁXIMO
Justiça decide internar adolescente que matou advogada em Aquidauana
PRONUNCIAMENTO
Temer defende governo e critica "torcida organizada pelo fracasso"
ÁGUA CLARA
PRF recupera em MS veículo de luxo furtado no interior de São Paulo
LOTERIA
Aposta única fatura sozinha prêmio de R$ 9,3 milhões da Mega-Sena
UEMS
“Mobilização sem precedentes” marca desenvolvimento da Rila em MS
CORUMBÁ
Motociclista irlandês tem perna amputada após acidente na BR-262

Mais Lidas

SOLIDARIEDADE
Dourados inaugura a primeira geladeira solidária nesta sexta-feira
ABRIGO
Fazendeiro morto por pistoleiros já hospedou membro do Comando Vermelho
Morador da Rocinha foi preso com documento falso quando vigiava posto da PRF, na BR-463, uma das principais rotas do narcotráfico
POLÍCIA
Mulher é presa com crack do Paraguai na Rodoviária de Dourados
TRÊS LAGOAS
Homem procura delegacia após investir carro em bitcoin e não ter retorno prometido