Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
BONITO

Laudo médico comprova que acusado de matar major é capaz de responder por seus atos

25 junho 2019 - 10h26Por Da Redação

Laudo médico comprova que Bruno da Rocha, acusado de matar o Major da reserva do Exército Paulo Settervall, de 57 anos, em Bonito, era totalmente capaz de entender o caráter ilícito de sua ação.

A defesa de Bruno requereu a realização de perícia psiquiátrica para atestar sua situação mental, tendo o perito concluído que ele era totalmente capaz de entender o caráter ilícito de sua conduta, com sua capacidade de autodeterminação meramente diminuída, mas não abolida.

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio do Promotor de Justiça João Meneghini Girelli, ofereceu denúncia em face de Bruno da Rocha pela prática do crime de homicídio qualificado pelo recurso que dificultou a defesa da vítima e por motivo fútil, pois o crime teria sido praticado unicamente em razão de a vítima ter se recusado a dar um cigarro ao denunciado.

Entenda o caso

Conforme o Inquérito Policial, no dia 14 de abril de 2019 Paulo Settervall estava a passeio com familiares em Bonito e, por volta das 21h50min, fumava um cigarro na calçada em frente ao hotel onde estava hospedado.

Bruno que trafegava em uma bicicleta abordou a vítima e lhe pediu um cigarro, porém, não foi atendido. Logo em seguida, já sem a bicicleta, Bruno retornou de maneira sorrateira e ardilosa, e desferiu um golpe de faca na região torácica de Paulo, causando-lhe a morte.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMPASSE
Representantes da UFGD recorrem à bancada federal para nomeação de reitor
10 MESES
Bombeiros encontram mais um corpo da tragédia em Brumadinho
INVENTÁRIO
Juiz da Capital pode estar ligado a mais um esquema de corrupção
UEMS
Dourados sedia na próxima semana o IV Congresso de Línguas
INTERNACIONAL
Incerteza sobre 4º mandato de Evo marca eleição amanhã na Bolívia
Céuzinho
Jovem sobrevive após cair de altura de 20 metros em cachoeira
JUDICIÁRIO
Gilmar Mendes suspende lei municipal que barrava ensino de gênero
CAPITAL
Aquaplanagem pode ter causado acidente que matou violeiro, diz motorista
UEMS
Semana Técnica de Computação começa segunda-feira em Dourados
CRIMINOSOS
‘Escritório’ da falsificação: Preso tinha contratos com grupo de estelionatários

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista bêbado tomba veículo na Joaquim Teixeira Alves
DOURADOS
Além de droga, pente-fino na PED encontrou cachaça, roteador de internet e ‘sky gato’
DOURADOS
Alvo de furtos e abusos no trânsito, avenida passa a ser monitorada por câmeras
PONTA PORÃ
Empresário é executado por pistoleiros na fronteira