Menu
Busca segunda, 16 de julho de 2018
(67) 9860-3221
TERRA PROMETIDA

Laboratório fazia pasta base render 5 vezes mais e abastecia “bocas” de Dourados

13 julho 2018 - 11h54Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Operação desencadeada nesta sexta-feira (13/7) em Dourados levou cinco pessoas para a prisão e apreendeu diversas munições, armas, entorpecentes e dinheiro procedente do tráfico de drogas. Um laboratório localizado no Jardim Canaã I foi estourado. No bairro, considerado um “forte núcleo de distribuição de drogas”, se concentrou a ação, denominada Terra Prometida.

Luzinete da Silva, 56, proprietária da casa onde se realizava o processo químico e Roberto Rocha Silva, 44, acabaram autuados em flagrante por tráfico. 

Já Weverton dos Santos Siqueira, 23, o Avatar, foi preso por posse de arma de fogo. Contra ele existe uma extensa ficha criminal por crimes como tráfico, por exemplo. 

Outros dois homens, um de 25, morador em Douradina e de 47 anos, residente em Dourados, também estavam em posse de arma e autuados pelo fato. 

Fabricação

De acordo com o delegado do SIG (Setor de Investigações Gerais), Rodolfo Daltro, o laboratório tinha capacidade de multiplicar em cinco vezes a quantidade de entorpecente. 

“Chega 1kg de pasta base e com os equipamentos existentes conseguiam transformar em 5kg. Também não se descarta a fabricação de pasta base por parte do grupo. Por se tratar de laboratório, a capacidade de produção no local é grande e de lá, distribuía para outros traficantes da cidade”, disse ao Dourados News

Ainda conforme o delegado, a dona da casa também realizava o tráfico na região. 

As investigações que resultaram na operação duraram 90 dias e além da comercialização de entorpecentes, os policiais visavam a apreensão de armas de fogo. 

“Outros alvos foram apreensões de armas de fogo e conseguimos encontrar um objeto usado para atirar objetos ilícitos para o interior do presídio. É uma espécie de estilingue de grande alcance para arremessar drogas, celulares e até armas para o local”, contou o delegado.

Apreensões

A Operação Terra Prometida, em alusão ao nome do bairro “Canaã”, resultou nas apreensões de 1,2 quilo de crack, 200 gramas de cocaína, duas espingardas e R$ 700. Além disso, centenas de munições dos calibres 32, 22, 38, .40, 12, 16, pistola 9 milímetros, 6.35 e de fuzil.

As ações tiveram participação de policiais civis e apoio do Canil e Força Tática da Polícia Militar.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÕES
Dólar fecha em queda nesta segunda-feira
MULHERES
Marina Ruy Barbosa e Abrahão acertam com camiseta e jeans; confira e inspire-se!
ESPAÇO VEST
Senai leva design gráfico e orientação sobre mídias sociais a evento
FAMOSOS
Grazi Massafera posa com a filha ao lado de elefante
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
Frango com inhame é a dica desta segunda-feira do Comer Bem
ARQUITETURA
Constra entre madeira e concreto aparente criam personalidade a apê de 220m²
ECONOMIA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
FUTEBOL
Conmebol divulga logo e faz contagem regressiva para Copa América no Brasil
ÁREA NOBRE
Vândalos incendeiam quiosques em praça na região Norte de Dourados
JUDÔ
Douradense é convocada para disputa do Grand Prix da Croácia

Mais Lidas

ACIDENTE
Douradense morre horas depois de cair do cavalo em fazenda
RESIDENCIAL BONANZA
Homem atropela casal em Dourados após ser contrariado
DOURADOS
Homem é assassinado na porta da própria casa
DOURADOS
Homem é atropelado após “roletar” avenida com bicicleta motorizada