Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
EXECUTIVO PRESO

Justiça do Japão aceita pedido de liberdade sob fiança feito por Ghosn

25 abril 2019 - 08h05Por G1

Um tribunal de Tóquio aceitou nesta quinta-feira, dia 25 de abril, o pedido de liberdade feito pela defesa do executivo brasileiro Carlos Ghosn, ex-presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, preso acusado de violações financeiras.

A decisão determina o pagamento de fiança de 500 milhões de ienes (US$ 4,5 milhões de dólares). O valor já teria sido pago, mas a Promotoria ainda pode recorrer. Caso se confirme a decisão, o brasileiro poderá deixar a prisão a qualquer momento.

O tribunal estabeleceu como condições para a liberdade, entre outras coisas, a proibição da saída de Ghosn do Japão e qualquer tentativa por ele de manipular possíveis provas nas investigações abertas contra ele.

Ghosn foi preso no Japão em 19 de novembro do ano passado e, desde então, deixou a presidência do conselho das três montadoras que comandava: Nissan, Mitsubishi e Renault. Ele foi solto sob pagamento de fiança no último 6 de março, após mais de 100 dias detido, e aguardava o julgamento em liberdade, sob regras rígidas. No entanto, Ghosn foi preso novamente em 4 de abril devido a novas acusações das autoridades.

O brasileiro estava à frente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi. Juntas, as 3 marcas foram o grupo que mais vendeu carros no mundo em 2017 e em 2018.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Prefeita diz abominar discriminação e aciona Procuradoria para investigar conduta de guarda
FAMOSOS
Ator responderá na Justiça por desacato e briga em bar
FUTEBOL
Árbitra de MS atua em duelo da Série A do Brasileirão neste final de semana
CAGED
País gera 43,8 mil empregos formais em julho
DOURADOS
Délia revoga nomeação de coordenadora da intervenção na Funsaud
DOURADOS
VÍDEO: Guarda agride rapaz em abordagem na UPA e corregedoria abre inquérito para apuração
VALE QUANTO?
Peritos imobiliários avaliam Douradão para venda ou aluguel a pedido da prefeitura
REUNIÃO
Procon cobra maior agilidade de atendimento em agências bancárias
PONTA PORÃ
Condenado por homicídio é preso na fronteira
OPERAÇÃO COLLIMATUS
Ação contra facção criminosa cumpriu 28 mandados de prisão em MS

Mais Lidas

TRÂNSITO
Empresa desliga mais de 30 lombadas eletrônicas em Dourados após rescisão contratual
DOURADOS
Veículo é consumido pelas chamas no Água Boa; veja vídeo
CRIME ORGANIZADO
Operação contra o PCC cumpre 30 mandados de prisão em cidades de MS
DOURADOS
Coordenador diz que Samu tentou reanimar acidentado por uma hora em HV sem médico