Menu
Busca quarta, 13 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Jovem pede informação a policial de folga e é preso com moto furtada

11 outubro 2017 - 10h30Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Gabriel Roque Olivette, 18, morador em Rio Brilhante, foi preso na noite de terça-feira (10) após pedir informação a policial de folga próximo a supermercado na rua Antônio Emílio de Figueiredo, Jardim Clímax.

Ele estava em posse de moto furtada no final de semana em Dourados.

De acordo com o boletim de ocorrência, o rapaz chegou ao local precisando de orientação.

O policial, desconfiado, acessou a placa do veículo em sistema de segurança e constatou que era objeto de furto. Em seguida, deu voz de prisão a Gabriel e o deteve até a chegada da PM.

Na delegacia, ele afirmou ter comprado a moto por R$ 1,3 mil de uma pessoa na Vila Cachoeirinha e não sabia do furto. 

Gabriel foi autuado por receptação.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BODOQUENA
Homem é preso acusado de estuprar a filha da enteada
CESSÃO ONEROSA
Municípios vão receber dinheiro do leilão do pré-sal até 27 de dezembro
CAPITAL
Responsável por atropelamento com morte se apresenta e fica livre
UEMS
Inscrições ao Mestrado Acadêmico em Letras terminam na próxima semana
CAPITAL
Mulher joga copo de vidro na testa de ex-marido após crise de ciúmes
PROTESTOS
fronteira do Brasil com Bolívia em Corumbá é reaberta após 21 dias
AQUIDAUANA
Pai denuncia escola após filho ser impedido de usar banheiro e defecar na roupa
JUSTIÇA
Concessionária deve indenizar cliente por emplacamento incorreto
CHAPADÃO DO SUL
Motorista é preso após deixar mulher no interior de caminhão por 11 dias
BELA VISTA
Estudante de MS é finalista da Olimpíada de Língua Portuguesa

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia prende cadeirante que comandava quadrilha formada por menores
DOURADOS
Morto em acidente prestava serviços a indústria e teria invadido pista contrária
DOURADOS
Homem sofre acidente de trabalho e morre após ter 80% do corpo queimado
DOURADOS
Ex-secretário de Saúde e empresário são levados à PED e defesas tentam liberdade