Menu
Busca segunda, 22 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
COXIM

Jovem leva facadas, fica em estado grave e esposa é suspeita do ato

Jovem leva facadas, fica em estado grave e esposa é suspeita do ato

28 setembro 2017 - 15h20Por Gizele Almeida

Carlos Alberto Freitas da Costa, 26, foi esfaqueado no final da manhã desta quinta-feira (28), no bairro Mendes Mourão, em Coxim. O Fato ocorreu na casa que ele reside.


De acordo com o Edição MS, ele sofreu uma perfuração no abdômen que causou hemorragia interna. 
Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), sendo encaminhado ao Hospital Regional Álvaro Fontoura. Devido a gravidade do ferimento, Costa foi encaminhado no sistema vaga zero para Campo Grande.


A principal suspeita da tentativa de homicídio é a esposa da vítima, Joelma Aparecida Gonçalves, que está sendo procurada pela polícia.


Ainda conforme o Edição MS, há suspeitas de que o casal teria discutido por traição e durante  uma briga, Joelma desferiu o golpe no marido.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Talitha Morete, repórter do "Mais Você", exibe boa forma em praia carioca
ANHANGUERA
Palestra do BNDES chega a Dourados na próxima quarta-feira
FRONTEIRA
Dois são presos acusados de invadirem agência de cooperativa de crédito
RURAL
Produtores de MS já plantaram mais da metade da nova safra de soja
PARAGUAI
Homem sofre atentado a tiros e morre a caminho do hospital
PRÁTICA ABUSIVA
Tim é multada em R$ 50 milhões por "derrubada" de chamadas
EDUCAÇÃO
Professor apresenta projetos de pesquisa da UEMS em Nova York
IMBRÓGLIO
O que se sabe sobre a troca de tiros entre policiais de Minas e São Paulo
UFGD
Estudantes de Artes Cênicas convidam para 1ª Mostra NAC
CONCURSO
Marinha abre inscrições para cerca de 400 vagas a oficiais temporários

Mais Lidas

OPERAÇÃO SATURAÇÃO
Megaoperação cumpre dezenas de mandados de prisão em Dourados
RIO BRILHANTE
Caminhonete invade pista, bate em motocicleta e mata casal
CANAÃ
Órgãos de segurança fecham festa organizada através do WhatsApp
DOURADOS
Ação contou com apoio de 4 delegacias da Capital e cumpriu mais de 40 mandados de prisão