Menu
Busca domingo, 25 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Jovem foi jogado ainda vivo dentro de poço e crime ocorreu por ciúme

14 junho 2019 - 09h42Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Um adolescente de 16 anos foi apreendido e Maycon Oliveira de Souza, 20, acabou preso por participação no assassinato de Júnior Abraão da Silva, 22. O crime, motivado por ciúme, ocorreu na quarta-feira (12/6), mesmo dia em que populares encontraram o corpo dentro de um poço, próximo a Reserva Indígena de Dourados. 

Conforme a polícia, Júnior possuía um relacionamento com a esposa de Maycon e, no dia do assassinato, na companhia do adolescente, o rapaz conseguiu atrair a vítima até a casa dele. 

Lá, passaram a ingerir bebida alcoólica. Logo em seguida Júnior foi agredido a pauladas, arrastado e atingido com pedradas na cabeça, antes de ser jogado ainda vivo dentro de um poço desativado na região da ‘Pedreira’.

“O Junior foi agredido com pauladas, depois apedrejado e jogado vivo no poço. A vítima mantinha relacionamento com a atual namorada de Maycon, que, com ciúme, combinou com o menor de mata-lo. Eles convidaram o rapaz [Junior] para beber já com o intuito de matar”, contou o delegado do SIG (Setor de Investigações Gerais), Rodolfo Daltro ao Dourados News.

Lideranças indígenas capturaram o adolescente na manhã de ontem e o outro acusado nesta sexta (14/6). Os dois foram encaminhados por policiais civis ao 1º Distrito Policial. 

O menor já está na Unei (Unidade Educacional de Internação) Laranja Doce, enquanto o comparsa permanece em cela na delegacia e posteriormente deve ser encaminhado à PED (Penitenciária Estadual). 

Em entrevista ao Dourados News, Maycon confirmou o motivo da ação e que não tinha a intenção de matar a vítima. “Não era pra matar, machucar só”, disse. “Ele [Junior] ia para a fazenda com o menor, chegou lá em casa e bebemos”, afirmou, antes de alegar ter o agredido com pauladas.

O suspeito ainda contou que a vítima pediu para não ser jogada no poço. “Pediu pra não jogar, mas jogamos, ele estava todo machucado”, finalizou.

O CASO

Policiais civis foram acionados no início da tarde de quarta-feira após o corpo de Júnior ser encontrado dentro de um poço desativado na região da Pedreira, próximo a Aldeia Jaguapiru, já no município de Itaporã. 

Rastros de sangue levaram um líder indígena que passava pelo local chegar até a vítima. 

Júnior teria sido arrastado por aproximadamente 400 metros antes de ser jogado, ainda com vida, dentro do poço. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAGUNA CARAPÃ
Homem é preso e comparsas fogem após transportar fardos de maconha em motos por 130 km
AJUDA INTERNACIONAL
Repasses alemães para projetos ambientais equivalem em 1 ano a 4 vezes o orçamento do Ibama
TRÂNSITO
Idosa capota veículo em acidente na Capital
CAMPO GRANDE
Homem furta caminhão carregado de grama em viveiro de mudas
RIO BRILHANTE
Família encontra mulher morta após vítima passar mal durante a noite
FUTEBOL
Brasileirão promete fortes emoções neste domingo; confira os jogos
LUTO
Atriz e escritora Fernanda Young morre aos 49 anos
CAMPO GRANDE
Incêndio atinge 200 metros de mato em área ao lado do aterro sanitário
RURAL
País desenvolve tecnologia para lavouras mais resistentes ao calor
TRÊS LAGOAS
Carro dos Correios é furtado em MS enquanto motorista entregava provas do Encceja

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tem dedo amputado após empilhadeira a atingir enquanto fazia compras
DOURADOS
Após “falsa corrida”, motorista de aplicativo tem carro levado por bandido que se envolve em acidente e é preso
HOSPITAL DA VIDA
Órgãos de jovem que morreu em acidente são captados e levados para quatro cidades
POLÍCIA
Mulheres são presas por tráfico em Dourados