Menu
Busca quarta, 19 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
FRONTEIRA

Jornalista jantava com a família quando foi assassinado

13 fevereiro 2020 - 07h54Por Da Redação

O jornalista brasileiro Léo Veras jantava com a família quando foi assassinado por pistoleiros. O crime ocorreu na noite de quarta-feira (12) na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero.

Conforme o portal G1, por volta das 21h, dois pistoleiros encapuzados chegaram em uma caminhonete branca, entraram pelo portão que estava aberto e invadiram o local.

Eles efetuaram vários disparos contra o profissional, que tentou correr, mas caiu ao ser atingido pelos tiros.

Léo foi atingido por cerca de 12 tiros de pistola 9 milímetros. Um dos disparos acertou a cabeça dele no momento em que ele tentou correr dos assassinos. 

O jornalista chegou a ser socorrido e encaminhado para um hospital particular da cidade paraguaia, mas não resistiu.

Ele era o dono do portal de notícias Porã News. (Com informações do G1/MS)

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
CGU vai fiscalizar os municípios de Caracol e Miranda em 2020
COMBUSTÍVEIS
Petrobras aumenta preço da gasolina nas refinarias pela 1ª vez no ano
AQUIDAUANA
Falso delegado envia nudes e ameaça ‘infernizar’ vida de menina de 13 anos
LOTERIA
Confira as dezenas da Mega-Sena, que deve paga R$ 170 milhões
PROPOSTA
Projeto de lei prevê afixação de cartazes educativos sobre adoção
PUNIÇÃO
Idoso que atirou em morador de rua é exonerado da Assembleia Legislativa
BENEFÍCIO
UEMS abre inscrições de 770 auxílios para acadêmicos da graduação
CINEMA
Morre em São Paulo aos 83 anos José Mojica Marins, o Zé do Caixão
EMPREGO
Comarca de Mundo Novo realiza processo seletivo de estagiários
DOURADOS
Ladrão leva carro de autoescola e o abandona na Cachoeirinha

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018