Menu
Busca quinta, 23 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
POLÍCIA

Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara

16 julho 2019 - 08h25Por Vinicios Araújo e Osvaldo Duarte

A Polícia Civil investiga se os dois homicídios registrados ontem (15) em Dourados, um no Jardim Pantanal e o outro no Jardim Guanabara, possuem relação. Os casos aconteceram em um intervalo de aproximadamente 30 minutos, conforme as chamadas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), como apurou o Dourados News

“No momento ainda não é possível estabelecer com certeza se existe esse envolvimento, seria temerário. Mas as investigações, os elementos que foram colhidos até o momento como: o calibre da arma, o modus operandi, a quantidade de disparos feitos e a prévia relação com tráfico de drogas das duas vítimas fatais, indicam uma forte possibilidade nesse sentido”, explica o delegado responsável pelo caso, Gabriel Desterro. 

De acordo com o investigador, os autores dos crimes foram com intenção de executar as vítimas.

“Inclusive no segundo local eles já chegaram encapuzados no ambiente, e deixaram as outras duas pessoas que estavam lá, vivas. Isso indica que era uma execução de alvos e não algo passional ou uma briga, alguma coisa desse gênero”, disse. 

Agora as investigações pretendem esclarecer as motivações para as execuções e confirmar se de fato os casos possuem relação. 

OS CASOS

Reinaldo Benitez Ortiz, 43, conhecido como “Reinaldinho”, foi morto em uma conveniência no Jardim Guanabara. Ele foi atingido por  disparos, que atingiram a região do tórax e braços. A perícia encontrou sete cápsulas no calibre 9mm na cena do crime. 

Aproximadamente 30 minutos mais tarde, Alam Luiz Rodrigues, 23 anos, também foi morto a tiros em uma casa no Jardim Pantanal.

Ailton Cristaldo Antunes, 21 anos, que também estava no local, foi ferido com um tiro nas costas, socorrido e encaminhado para o Hospital de Vida, juntamente com uma adolescente de 16 anos, que foi ferida com estilhaços de vidro. Durante os trabalhos de perícia, os policiais encontraram 14 cápsulas da mesma arma e calibre.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM MIRANDA
Ação conjunta apreende 8,7 kg de cocaína na região Noroeste de MS
BRASIL
Aumenta número de afetados pela chuva no Espírito Santo
MS
Saúde convoca hospitais privados para orientar sobre dengue, zika e chikungunya
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Dois são presos em Itahum por tráfico de drogas e suspeita de furtos
ESTADO
MP vai à Justiça para barra porto na fronteira de MS
BRASIL
Arrecadação federal com impostos chega a R$ 1,537 trilhões em 2019
BRASIL
Mantida prisão de denunciado por ocultar armas pertencentes a acusado de assassinar vereadora Marielle Franco
POLÍCIA
Suspeito de vários crimes morre em confronto com a Força Tática
DOURADOS
UFGD anuncia campanha contra o trote

Mais Lidas

UFGD
Aluna branca aprovada em Medicina como indígena aponta engano na inscrição
VILA ROSA
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados
EMPREGO
Empresa abre 136 vagas para classificadores de grãos em Dourados e região
CRIME
EXCLUSIVO: Sucessor de Minotauro é trazido para Dourados em meio a crise penitenciária na fronteira