Menu
Busca domingo, 19 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
OPERAÇÃO ECHELON

Internos depõem após cumprimento de mandados em Dourados

14 junho 2018 - 10h51Por Adriano Moretto

Os três internos da PED (Penitenciária Estadual de Dourados) levados ao 1º Distrito Policial na manhã desta quinta-feira (14/6), em cumprimento de mandados de prisão preventiva dentro da Operação Echelon retornarão ao presídio após depoimentos prestados. 

Wanderniz de Oliveira Júnior, 23, conhecido como ‘Zé Pequeno’, Ulisses Silva Martins, 20, o ‘Colt’, e Lucas Alberto Canaverde, o ‘Lacoste’, 25, são os alvos da ação no município. 

A operação ocorre simultaneamente em 14 Estados contra integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) e é realizada pela Polícia Civil e Ministério Público de São Paulo.

São cumpridos no total, 59 mandados de busca e apreensão, além de 75 prisões preventivas de integrantes da facção. 

INVESTIGAÇÕES

De acordo com nota encaminhada pelo Ministério Público de São Paulo, as investigações ocorrem há 12 meses e teve início a partir de manuscritos encontrados por agentes penitenciários nos esgotos do Presídio de Segurança Máxima de Presidente Venceslau (SP).

A Polícia Civil foi acionada para investigar, e, com a identificação técnica de sete líderes de organização criminosa, as investigações policiais avançaram para revelar a existência da célula “Sintonia de outros Estados e Países”. 

Os trabalhos revelaram, até o momento, o envolvimento de 103 integrantes, dos quais 75 serão presos nesta quinta (14/6) em 14 Estados. 

Alguns, por já se encontrarem presos, como no caso dos três membros da facção em Dourados, terão os mandados cumpridos nas respectivas penitenciárias. Ao mesmo tempo, policiais civis de São Paulo, em conjunto com policiais civis dos Estados cumprem 59 mandados de busca e apreensão. 

O grupo investigado é responsável por acirrar a disputa de facções no país, contabilizando elevado número de mortes (mais de uma centena), de maneira que constitui parte da operação, o compartilhamento inicial de provas sobre 12 homicídios. 

A deflagração da operação também tem por finalidade investigar o envolvimento em outros homicídios e desaparecimentos de pessoas em todo o país, a partir de um domínio único dos líderes da organização que engendraram o esquema criminoso. 

DROGAS

Durante as investigações os policiais apreenderam mais de uma tonelada de drogas e preso, no aeroporto de Guarulhos (SP), quando retornava da Bahia, no dia 10 de maio, um dos líderes dessa célula criminosa que autorizava mortes quase que diariamente. (Com informações do MP de São Paulo)

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Caminhonete é furtada durante a madrugada no Residencial Pelicano
DOURADOS
Ladrão é preso ao furtar capacete para trocar por droga
CORUMBÁ
Incêndio destrói galpão ferroviário
DOURADOS
Homem morre no HV nove dias após ser encontrado ferido
PREVISÃO
Semana deve permanecer “seca” em Dourados
DOURADOS
Mato-grossenses são flagradas com malas “recheadas” com maconha
FRONTEIRA
Trio suspeito de matar policial paraguaio é preso
FRONTEIRA
Populares encontram aeronave caída próximo a Coronel Sapucaia
SUB-19
Sete vence e fica perto da vaga na Copa SP; Aquidauanense conquista o título
ALTOS DO INDAIÁ
Trio é detido suspeito de furtar casa em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Traficante é preso e ponto de drogas era mantido em frente a escola
TRÁFICO DE DROGAS
Traficante é preso com skunk na rodoviária de Dourados
DOURADOS
Autor de furto em chácara é preso logo após vítima denunciar caso
DOURADOS
Jovem tem moto furtada no centro