Menu
Busca sexta, 16 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Índio espanca esposa com pedaço de madeira em Japorã

20 maio 2011 - 09h28

As estatíscas de violência doméstica elevam a cada dia não somente nas cidades, mas nas aldeias. Na manhã de quinta-feira (19), um índio agrediu a esposam com pedaço de madeira, em Japorã. A Polícia Militar de Japora foi acionada para conter a violência.

De acordo com informações do site Ivinotícias, quando os policiais chegaram ao local, o agressor já tinha sido contido pelo capitão. A vítima apresentava vários hematomas, além do braço esquerdo quebrado.

O agressor confessou que estava embriagado quando foi tirar satisfações com a vítima por motivos de ciúme de outro indígena. O autor também agrediu o filho causando uma lesão atrás da orelha direita.

A vítima foi encaminhada para o hospital São Judas Tadeu de Iguatemi, após medicada foi liberada em seguida. O Índio foi encaminhado para Delegacia de Polícia de Mundo Novo para providências.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FLAGRANTE
Polícia apreende 2,5 kg de cocaína em ônibus na BR-262
DOURADOS
Chuva forte deixa ruas e até rodoviária alagada
ESTUDO
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
EMPREENDEDORISMO
Sebrae/MS elege novo presidente do Conselho Deliberativo Estadual
CAMPO GRANDE
Chuva forte alaga ruas na Capital e causa transtornos
JUIZ EXONERADO
Presidente do TRF-4 assina exoneração de Sérgio Moro
OFF ROAD
Campo Grande será palco para largada do Rally dos Sertões em 2019
PEDRO GOMES
Jovem morre em festa de casa de amigo após passar o dia bebendo
BRASIL
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
PONTA PORÃ
Horta cultivada por presos leva alimentação saudável a centenas de pessoas carentes

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Empresário é executado e filho fica ferido em atentado
CAMPO GRANDE
Empresário executado na Capital era avalista em dívida de R$ 40 milhões
SUSTO
Veículo com placas de Dourados fica destruído ao ser atingido por vagões de trem
DOURADOS
Dupla armada rouba moto para assaltar empresa e levar R$ 3 mil