Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Índio é assassinado a golpes de facão na aldeia Bororó

14 maio 2011 - 09h36

O indígena Jeferson Rodrigues, 23 anos, vulgo Ninão, residente na casa 321, da aldeia Bororó, no interior da reserva indígena de Dourados, foi assassinado na madrugada deste sábado, com um golpe de facão na região do pescoço, quando estava na casa do pai.

Adilson Machado, 35 anos, acusado de ter cometido o crime foi detido por lideranças, entregue à policiais civis e encaminhado para a delegacia do 1º Distrito Policial de Dourados. Ele foi autuado em flagrante e a arma do crime também foi apreendida.

A polícia ainda investiga os motivos que teriam desencadeados o crime, mas a suspeita é de vingança, por Jeferson ter ficado com a mulher de Adilson enquanto ele cumpria pena em um presídio.

Àtualizado às 7h35 para acréscimo de informações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Estado de calamidade pública pode ser decretado a outros quatro municípios de MS
ECONOMIA
Governo Federal oferece garantia em empréstimo para pequena e média empresa
DOURADOS
Câmara promulga Lei que beneficia alunos com déficit de atenção e hiperatividade
NAS REDES SOCIAIS
Novo diretor do DOF toma posse em solenidade transmitida ao vivo de Dourados
CAMPO GRANDE
Escasso, teste rápido de coronavírus custa a partir de R$ 140 na Capital
DOAÇÕES
Indígenas de Dourados vão receber 10,4 mil máscaras nesta semana
POLÍTICA
PF vai investigar vazamento de dados de Bolsonaro e outras autoridades
DEODÁPOLIS
Após perseguição e condutor fugir na mata, polícia apreende mais de 100 kg de maconha em veículo
MATO GROSSO DO SUL
Escassez de chuvas reduz nível dos rios e já afeta navegabilidade na Hidrovia do Paraguai
BR-376
PMR apreende 115 kg de maconha que seria levada para a capital paulista

Mais Lidas

DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Dourados registra mais 19 casos de coronavírus em 24 horas
6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados