Menu
Busca segunda, 20 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Índio é assassinado a golpes de facão na aldeia Bororó

14 maio 2011 - 09h36

O indígena Jeferson Rodrigues, 23 anos, vulgo Ninão, residente na casa 321, da aldeia Bororó, no interior da reserva indígena de Dourados, foi assassinado na madrugada deste sábado, com um golpe de facão na região do pescoço, quando estava na casa do pai.

Adilson Machado, 35 anos, acusado de ter cometido o crime foi detido por lideranças, entregue à policiais civis e encaminhado para a delegacia do 1º Distrito Policial de Dourados. Ele foi autuado em flagrante e a arma do crime também foi apreendida.

A polícia ainda investiga os motivos que teriam desencadeados o crime, mas a suspeita é de vingança, por Jeferson ter ficado com a mulher de Adilson enquanto ele cumpria pena em um presídio.

Àtualizado às 7h35 para acréscimo de informações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMPREGO
De auxiliar de pedreiro a analista laboratorial, Funtrab oferece mais de 700 vagas em MS; 118 só em Dourados
RIO BRILHANTE
Abordagem em posto de combustíveis termina com apreensão de carga de maconha
TRÊS LAGOAS
Etapa dos Jogos Escolares da Juventude de MS define finalistas
BRASIL
Reforma tributária será apresentada após aprovação da Previdência
DOURADOS
Délia decreta estado de emergência por desmoronamento na Presidente Vargas
DOURADOS
Câmara volta atrás e antecipa sessão ordinária para hoje a tarde
BRASIL
Onze pessoas são mortas em chacina em Belém do Pará
CORUMBÁ
Integrantes de facção criminosa são presos acusados de decapitar rival
ÁGUA CLARA
Passageiro é preso levando maconha dentro de ônibus
SÉRIE D
Jogador pede desligamento do Corumbaense após homens armados invadirem alojamento

Mais Lidas

RODOVIÁRIA
Mulher é presa em Dourados com maconha que seria entregue no RS
DOURADOS
Mulheres são presas ao tentar levar droga para maridos na PED
DOURADOS
Guarda flagra adolescentes bebendo vodka durante a madrugada no Centro
REGIÃO
Após capotamento de caminhonete, PM apreende 1 tonelada de maconha em Laguna Carapã