Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
NOVA ANDRADINA

Homem vai à polícia denunciar interno da PED por ameaça pelo Facebook

08 novembro 2019 - 08h36Por Da Redação

Homem de 36 anos procurou a Polícia Civil na quinta-feira (7/11), em Nova Andradina, para denunciar ameaça sofrida por ele realizada por um interno de 24 anos que cumpre pena na PED (Penitenciária Estadual de Dourados). 

Segundo o Nova News, o autor tem feito constantes ameaças à família por meio de um perfil no Facebook. A suspeita do morador é de que o acusado utiliza algum celular dentro do presídio para acessar a rede social.

O fato, conforme o rapaz contou à polícia, ocorreu várias vezes. O suspeito profere ameaças contra ele e a esposa, que teve relacionamento com o interno no passado.

Autor e vítima teriam inclusive trocado ofensas em outra ocasião, quando o acusado, que, na época estava em liberdade, teria agredido o filho do rapaz. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Dólar fecha em alta, no maior valor desde maio
DOURADOS
Umidade do ar fica abaixo de 20% e máxima se aproxima de 40ºC pelo segundo dia seguido
CURTO-CIRCUITO
Incêndio na Capital assusta pessoas que participavam de velórios
INVESTIMENTO
Obra de R$ 121 milhões levará saneamento a bairros de Dourados
FUTEBOL
Liga dos Campeões terá duelo entre Messi e Cristiano Ronaldo
REGIÃO
Suspeito de latrocínio cometido em Goiás é preso em cidade de MS
ECONOMIA
Setor industrial de MS acumula mais de 5,4 mil vagas de empregos abertas no ano
ECONOMIA
MS tem quatro municípios entre os maiores produtores de soja e cana de açúcar do país
ELEIÇÕES 2020
Ministério Público pede impugnação de candidata a vice em cidade de MS
NEGÓCIOS & CIA
Trabalho em Equipe: veja boas formas de garantir o coleguismo dentro de franquias

Mais Lidas

DECIBÉIS
Operação do Gaeco mira fraudes em licitações e cumpre cinco mandados em Dourados
INVESTIGAÇÃO
Policiais do Gaeco fazem nova operação em Dourados
CAPITAL
Mulher com mandado de prisão em aberto é executada com oito tiros
DOURADOS
Gaeco deixa edifício com documentos apreendidos após mais de 5h