Menu
Busca domingo, 22 de julho de 2018
(67) 9860-3221
TRÊS LAGOAS

Homem morre após discutir com síndico e ser esfaqueado no peito

12 janeiro 2018 - 06h13Por Da Redação

O pedreiro Robson da Silva de Lima, 29, morreu após ser esfaqueado pelo síndico do condomínio onde morava em Três Lagoas, município localizado ao Leste de Mato Grosso do Sul. O caso ocorreu no , o Residencial Orestinho. 

A vítima sofreu os golpes durante discussão pelo sobrinho dele ter entrado no local sem autorização.

A briga, segundo o site do Jornal do Povo, aconteceu na noite de quarta-feira, dia 10 de janeiro. Robson chegou a ser encaminhado ao Hospital Auxiliadora em estado grave, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu em seguida.

Em depoimento à polícia, o síndico identificado como Wellington Fabrício Pereira Farias, 27, alegou legítima defesa, de acordo com o site.

Ele foi liberado ainda na manhã de quinta-feira (11), quando se apresentou à Polícia Civil local. Robson foi atingido pela facada no peito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
PMA de Dourados autua pecuarista em R$ 57 mil por desmatamento
EMPREGO
10 órgãos abrem inscrições para quase 600 vagas na segunda-feira
CAMPO GRANDE
Mulher fica gravemente ferida após ser lançada contra arame farpado
AMPLAVISÃO 1315
Nas pontes de Roma a lembrança de André
DOURADOS
Poste derrubado após roubo de veículos continua caído na Marcelino Pires
TRADIÇÃO CATÓLICA
27ª Festa a São Cristóvão leva caminhões às ruas de Dourados
EDUCAÇÃO
IFMS encerra nesta segunda inscrições para transferências
FÓRMULA 1
Hamilton vence após Vettel parar no muro no GP da Alemanha
SINOP
Adolescente é flagrando com maconha que seria comercializada no MT
DIRETRIZES
Período eleitoral impõe restrições na Comunicação da UFGD

Mais Lidas

ÁGUA BOA
Ferido com tiro durante comemorações na Copa é preso com drogas em Dourados
CAMPO DOURADO
Jovem nega tráfico e diz que pedido de carona o levou até casa com droga
DOURADOS
Índios invadem fazenda, torturam e fazem caseiro refém por 6h
CAMPO GRANDE
Mulher morre ao bater carro na traseira de caminhão parado