Menu
Busca quarta, 19 de junho de 2019
(67) 9860-3221
FRONTEIRA

Homem morre após colisão contra veículo de policial

07 novembro 2017 - 10h15Por Da Redação

Homem que não teve a identidade divulgada morreu na segunda-feira (6) na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, fronteira com o Brasil através de Ponta Porã, depois de se envolver em acidente de trânsito, conforme informa o site Porã News.

Ele seguia numa motocicleta que bateu de frente com a caminhonete conduzida por Inocêncio Portelli, chefe de polícia do departamento de Amambay.

O policial conduzia uma Toyota Hilux nas proximidades do Parque de Exposições do município, quando  dois homens em uma motocicleta invadiram a pista contrária e bateram de frente com a caminhonete. Um deles morreu antes da chegada do socorro.

O policial e outro ocupante da moto foram levados para o Hospital Regional de Pedro Juan Caballero.

A perícia foi acionada e investiga as causas do acidente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
De topless, Dani Calabresa curte passeio em praia: "sereiando"
JUSTIÇA
Acusada de matar cunhado por motivo torpe é condenada a 16 anos
ECONOMIA
Interessados em receber precatórios têm até dia 28 para fazer acordo
UNIGRAN
Show à parte, banheiro do quarto infantil impressiona pela riqueza de detalhes
MUDANÇA
Presidente dos Correios decide sair após Bolsonaro dizer que iria demiti-lo
CAMPO GRANDE
Casal briga dentro de carro e confusão termina em acidente
FUTEBOL
CBF define datas e horários dos jogos das quartas da Copa do Brasil
TERRA SEM LEI
Comerciante executado na fronteira teria arrendado terra do narcotráfico
PRAZO
Última semana de inscrição do Concurso de Estagiário MPE/MS
DOURADOS
Adolescente é atropelado, sofre traumatismo e corre risco de morte

Mais Lidas

DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
PARAGUAI
Homem escapa de sequestro, mas acaba executado por pistoleiros em posto
FATALIDADE
Corpo de douradense é encontrado no rio Aquidauana
RESERVA INDÍGENA
Dois são presos suspeitos pelas mortes de tio e sobrinho em Dourados