Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
BARBÁRIE

Homem invade obra, joga combustível e ateia fogo em morador de rua

03 abril 2019 - 08h48Por Da Redação

Caso bárbaro ocorreu na noite de terça-feira (2/4) na cidade de Três Lagoas, localizada na região Leste do Estado. Homem invadiu uma obra abandonada, jogou combustível em um morador de rua que dormia no local e depois ateou fogo nele.

A vítima, Roberto Pedro da Silva, 46, teve 60% do corpo queimado e não corre risco de morte, segundo o site da Rádio Caçula. O atentado ocorreu na rua das Seriemas, Jardim Planalto.

O homem é catador de produtos reciclados e foi encaminhado ao Hospital Auxiliadora com queimaduras de 3º grau nos membros superiores e inferiores, tórax, abdome, costas e rosto.

No momento do fato, Roberto gritou por socorro e pela proximidade da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da cidade, foi atendido e recebeu os primeiros socorros para remover as roupas queimadas e aplicar medicamentos para aliviar as dores.

Ele segue internado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Terminam hoje as inscrições do workshop “Redação de Patentes - Além dos Guias”
JUDICIÁRIO
Supremo julga nesta quinta-feira prisão após segunda instância
DINHEIRO NOVO
Pagamento do Pis/pasep aos nascidos em outubro começa nesta quinta
SÃO PAULO
Carreta carregada com material bélico do Exército tomba na divisa com MS
TEMPO
Quinta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
INVESTIMENTO
MEC vai liberar mais R$ 43 milhões para 96 obras em universidades
UEMS
Semana Técnica de Computação acontece de 21 a 25 de outubro
SAÚDE
Senado aprova obrigação de exame em 30 dias para diagnóstico de câncer
FERRAMENTA
Banco do Brasil lança cartão para escolas públicas comprarem merenda
UFGD
Centro de Formação abre 50 novas vagas para Cursinho Pré-vestibular

Mais Lidas

POLÍCIA
Irmãos são detidos após polícia encontrar droga no Jardim Flórida
DOURADOS
Ciclista morre no HV após ser atropelado por ônibus
DOURADOS
UPA passa a atender apenas casos de urgência e emergência
EXPULSÃO
Chefão do narcotráfico é entregue à Polícia Federal brasileira