Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
FEMINICÍDIO

Homem é preso suspeito de matar mulher em Dourados

31 outubro 2017 - 07h52Por Adriano Moretto e Osvaldo Duarte

Homem foi preso na noite de segunda-feira (30) em Dourados suspeito pelo crime de feminicídio. O fato aconteceu no assentamento indígena Ñ Porã, próximo a BR-163, região Sul do município. Ele nega o caso.

De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia foi acionada para atender chamado, no primeiro momento, de mulher que havia morrido de causas naturais.

Porém, no local constatou-se que Neusa Vera, 37, possuía marcas de agressão no tórax e pescoço. 

Questionado, Rusimar Cáceres, 24, que morava com a vítima há um mês, disse que saiu para trabalhar e quando retornou a encontrou bebendo com homem identificado como Lelo Rodrigues. 

Cansado, disse ter jantado e deitado. Mais tarde, conforme depoimento do suspeito, ouviu-se grito de socorro e quando chegou, encontrou Neusa caída.

Lideranças indígenas foram acionadas e contataram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), porém, a mulher estava morta.

Apesar do depoimento do rapaz, testemunhas confirmaram que ele havia cometido o crime. Encaminhado ao 1º Distrito Policial de Dourados, Rusimar acabou autuado em flagrante pelo feminicídio.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU!
Bianca Bin quebra a web ao publicar foto exibindo parte dos seios
DOURADOS
Universidades executam parceria em Pesquisa com Seres Humanos
POLÍTICA
Deputado estadual é criticado por fazer copia e cola de lei federal
SIDROLÂNDIA
Vazamento de amônia em frigorífico deixa funcionários com sintomas de intoxicação
CURSO
Agepen finaliza a formação de 453 futuros agentes penitenciários
SAÚDE
Estudo revela compostos que podem combater a tuberculose
CULTURA
10º Festival Internacional de Teatro de Dourados começa dia 25
BRASIL
Entenda o que muda com a lei da liberdade econômica
CAARAPÓ
Homem é preso em flagrante transportando maconha em ônibus
2020
Cowboy de Itaquiraí conquista vaga para Jogos Paralímpicos de Tóquio

Mais Lidas

SETEMBRO AMARELO
Sem perceber sinais, Silvânia perdeu a filha e hoje reconhece a necessidade da escuta
BARBÁRIE
Após matar criança afogada, pai ligou para ex e inventou sequestro
DOURADOS
Bêbado é preso após bater carro e derrubar muro
POLÍCIA
Jovem é executado por pistoleiros em Ponta Porã