Menu
Busca quinta, 21 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
MEIO AMBIENTE

Homem é preso com papagaios e pássaros em operação preventiva

29 setembro 2017 - 07h30

Este é um período preocupante para a PMA com relação ao tráfico de animais silvestres, pois, de agosto a dezembro é o período de reprodução do papagaio que é a espécie mais traficada no Estado. Devido a alguns levantamentos preocupantes realizados pelo Setor de Inteligência relacionados com relação ao tráfico de animais, a PMA está realizando trabalhos preventivos nas propriedades rurais, por meio de informação da legislação e Educação Ambiental, visto que o modus operandi principal dos traficantes é de aliciamento dos sitiantes. assentados e funcionários de propriedades rurais, para que retirem os animais e os avisem para que os comprem. Muitas pessoas fazem isto, às vezes, sem saber que estão cometendo crime ambiental.

A região principal do problema está sendo monitorada, tais como, os municípios de Jateí, Batayporã, Bataguassu, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, Anaurilândia, Santa Rita do Pardo, Nova Andradina e Brasilândia, além de Naviraí e Mundo Novo. Nessa região, ninhos também estão sendo monitorados pelos Policiais, para evitar a retirada dos filhotes, visto que essa é a preocupação maior. A base do trabalho é evitar a retirada das aves, evitando custos à fauna e ao Estado, tendo em vista os altos custos financeiros, até a reintrodução dos filhotes na natureza.

Ontem, dia 28 de setembro, equipes da PMA de Batayporã, enquanto realizavam prevenção e orientação nas propriedades rurais e assentamentos, no sentido de evitar que as aves sejam retiradas dos ninhos, receberam informações de que um homem, residente em um acampamento de sem-terras, localizado à margem da BR 376, nas proximidades do córrego Baile, no município de Nova Andradina, estaria efetuando a captura de papagaios.

Uma equipe foi ao local e encontrou o infrator (25), que já havia capturado dois papagaios e dois canários-da-terra. As aves foram apreendidas. As informações indicavam que o infrator recebera encomenda para a retirada de grande quantidade de papagaios, o que indica que os trabalhos preventivos da PMA estão surtindo efeito.

O infrator foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina e responderá por crime ambiental. A pena é de seis meses a um ano de detenção. A PMA também autuou o infrator administrativamente e arbitrou multa de R$ 4.000,00

As aves serão encaminhadas ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), na Capital.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PASSOU MAL
Fernanda Montenegro é hospitalizada no Rio de Janeiro
DUPLICAÇÃO
Concessão da BR-163 pode passar por revisão contratual
DOURADOS
Palestra com ênfase na cobrança do ICMS será realizada em março
AMAMBAI
Homem mata a ex-mulher a facadas na frente dos sete filhos
BRASIL
Fachin vota para enquadrar homofobia como crime de racismo
FRONTEIRA
Técnico de informática é alvo de atentado após se meter em briga de casal
CULTURA
TVE Cultura homenageia Dino Rocha com exibição de “O Milagre de Santa Luzia”
ASSEMBLEIA
Aprovada comissão de divisas territoriais e regularização fundiária
REIVINDICAÇÃO
Reinaldo Azambuja reforça necessidade da regularização fundiária em MS
INTERNACIONAL
Maduro diz que fechará fronteira da Venezuela com o Brasil nesta quinta

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher que encomendou morte de marido é transferida para presídio
JARDIM PIRATININGA
Recém-nascida é encontrada sob tanque de lavar roupas em Dourados
DOURADOS
Investigado por estupro de enteadas, homem é preso com pornografia infantil no celular
DOURADOS
Para não ser preso, foragido do Semiaberto entra em luta corporal com guarda municipal