Menu
Busca sexta, 24 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
ESTADO

Homem é multado em R$ 5 mil por carga ilegal de madeira

10 outubro 2019 - 14h20Por Redação

Um homem de 42 anos, morador em Amambai, foi autuado administrativamente e multado R$ 5.000,00 pela PMA (Polícia Militar Ambiental) na quarta-feira (9) após ter uma carga ilegal de madeira apreendida por miliares rodoviários no Distrito de Sanga Puytã, município de Ponta Porã.

Em um caminhão, era transportada madeira das espécies aroeira e quebracho, em estacas e mourões para cerca, razão pela qual o condutor e proprietário da madeira responderá por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção

As autoridades realizaram a cubagem da madeira e verificaram que o veículo, transportava 15,48 m³ de madeira e o Documento de Origem Florestal (DOF) constava apenas 15,48, havendo excesso de 7,06 m³, o que se caracteriza como crime e infração ambiental

O veículo e a madeira foram apreendidos e encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Hospital da Vida fará eleição para diretor clínico e conselho de ética
ECONOMIA
Brasil criou 644 mil novas vagas de trabalho em 2019
ESTADO
Procon revela empresas que mais irritam consumidores em MS
BRASIL
Novo portal do Sisu deve gerar economia de R$ 25 milhões em cinco anos
ESPORTE
MS tem equipe no 70º Intercolonial Brasileiro de Tênis de Mesa
PLEBISCITO
Discussão sobre paridade de gênero é adiada no Chile
ESTADO
Ao TJ, Energisa informa ter feito R$ 29 milhões em acordos judiciais
BRASIL
Com chuvas, agência alerta responsáveis por barragens de mineração
PARAGUAI
Esposa de delegado, fiscal do MP deixa investigações sobre fuga na fronteira
BRASIL
Ministro do STJ suspende pagamento de multa da Petrobras ao Ibama e determina retirada da estatal do Cadin

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Pai e filha moradores de Dourados morrem em acidente no Paraná
VILA ROSA
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Assassinato na Vila Rosa aconteceu por ciúmes durante manutenção em porta