Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905
CAMPO GRANDE

Homem é espancado após estuprar criança de sete anos

10 outubro 2019 - 10h40Por Da Redação

Homem de 45 anos foi preso suspeito de estuprar uma menina de 7 anos em Campo Grande na noite de quarta-feira (9/10), no bairro Universitário. Na ação, ele acabou espancado por populares e foi levado para o hospital.

Conforme o Midiamax revelou, o estupro aconteceu por volta das 21h quando a menina que é vizinha do suspeito estaria na residência dele.

O homem estaria bêbado e passado as mãos nas partes íntimas da menina, que assustada, correu chorando para sua casa e contou para a mãe o que havia acontecido.

Ainda de acordo com o Midiamax, quando os moradores do bairro ficaram sabendo do crime, espancaram o homem.

A criança deve ser ouvida ainda por psicólogos na Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM MIRANDA
Mulher é estuprada após ser levada para quintal de residência
REDES SOCIAIS
Bolsonaro tira fotos sem máscara após ir a lanchonete em Goiás
NA CAPITAL
Criança fica ferida ao ser atropelada por moto em avenida de Campo Grande
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia
REGIÃO
Polícia localiza mocó de maconha e prende dois em Ivinhema
ESPORTES
Após cancelamento de maratona, corredor propõe “desafio solidário”
TOQUE DE RECOLHER
Mais de 200 são flagrados nas ruas de sexta para sábado na Capital
GOVERNO
Acordo prevê no máximo 20 dias para análise de auxílio emergencial
UEMS
Estudantes de MS criam robô que ajuda na prevenção do coronavírus
PANDEMIA
Primeiro caso de Covid-19 em Aquidauana pegou o vírus na Capital

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown