Menu
Busca terça, 16 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
SEM ALIMENTO

Homem é autuado por maus-tratos e abandono de pitbull

14 fevereiro 2018 - 10h39Por Da Redação

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas recebeu denúncias, de que um cachorro estaria sofrendo maus-tratos, no bairro Jupiá. A PMA foi ao local e verificou que um cachorro da raça Pitbull estava extremamente debilitado, pois estava amarrado e sem água e alimento há alguns dias.

Os vizinhos informaram que resgataram o cachorro e acionaram a PMA, pois o infrator havia se mudado e abandonado o animal sem alimentação e sem água na residência. Os Policiais deixaram o cachorro sob cuidados das pessoas que o resgataram.

O infrator de 29 anos foi localizado e autuado administrativamente e multado em R$ 1.000,00. O autuado também foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena é de três meses a um ano de detenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Desafios na prescrição de agrotóxicos é tema de palestra em Dourados
UEMS
Núcleo de Línguas abre inscrições para provas de proficiência
SOLIDARIEDADE
Amambai se une na busca por idoso de 86 anos desaparecido
PROSEGUR
Oito brasileiros são condenados por mega-assalto no Paraguai
TRÁFICO
Jovens são flagrados com droga que seria entregue no Guarujá
ELEIÇÕES 2018
Denúncias de fraude em urnas serão registradas on-line
FUTEBOL
STJD nega recurso e Sassá está fora da final da Copa do Brasil
SHOWBIZ
Processado, Eduardo Costa rebate a ex e diz que ela quer se expor
UFGD
Abertas inscrições para 420 vagas em cursos de mestrado e doutorado
DECRETO DOS PORTOS
PF indicia Temer por corrupção, lavagem e organização criminosa

Mais Lidas

DOURADOS
Família busca notícias de mulher que abandonou carro e embarcou na rodoviária
JARDIM MONTE LÍBANO
Policiais douradenses são presos por assalto a família
DOIS DIAS DEPOIS
Servidora pública é encontrada nos fundos de residência que estava para alugar
DOURADOS
Cinco anos após crime, acusados pela morte de vendedor douradense vão a júri popular