Menu
Busca sexta, 24 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
CRIME PASSIONAL

Homem assassinado por PM em Paranaíba era assessor parlamentar na AL; deputado comenta caso

06 outubro 2019 - 12h00Por Da redação

Fernando Henrique Freitas, assassinado na noite de ontem (5) sob alegação de ser amante da esposa do policial militar ambiental Lúcio Roberto Cabral, era assessor no gabinete do deputado João Henrique Catan (PR), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Segundo a polícia, o crime tem motivação passional. O PMA também assinou a esposa, Regienni Araújo, de 32 anos.

Ao jornal MídiaMax, João Henrique comentou o caso.

“Eu não perdi um assessor, eu perdi um amigo de infância que me ajudou muito na eleição em Paranaíba, sempre esteve conosco, trabalhou com a gente mesmo antes da política”, afirmou Catan, que chegou há pouco no município para acompanhar o velório e sepultamento.

Dispensando a motivação do crime, o parlamentar disse ao site ter ficado surpreso por eventos passionais cada vez mais frequentes. Também falou da decepção com a formação do acusado de assassinato, que na avaliação dele pertence a uma instituição que deveria proteger a vida das pessoas.

“É uma tragédia para ambas as famílias, Paranaíba com certeza está em choque”, afirmou, ressaltando que Fernando era muito querido na cidade e trabalhava com sua família há mais de 15 anos.

Além de assessor parlamentar, Fernando atuava como corretor de imóveis no município. Ele deixa esposa e uma filha de dois anos. O velório está sendo realizado na Pax Vida e teve início às 9h. O sepultamento está previsto para o início da tarde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Hospital da Vida fará eleição para diretor clínico e conselho de ética
ECONOMIA
Brasil criou 644 mil novas vagas de trabalho em 2019
ESTADO
Procon revela empresas que mais irritam consumidores em MS
BRASIL
Novo portal do Sisu deve gerar economia de R$ 25 milhões em cinco anos
ESPORTE
MS tem equipe no 70º Intercolonial Brasileiro de Tênis de Mesa
PLEBISCITO
Discussão sobre paridade de gênero é adiada no Chile
ESTADO
Ao TJ, Energisa informa ter feito R$ 29 milhões em acordos judiciais
BRASIL
Com chuvas, agência alerta responsáveis por barragens de mineração
PARAGUAI
Esposa de delegado, fiscal do MP deixa investigações sobre fuga na fronteira
BRASIL
Ministro do STJ suspende pagamento de multa da Petrobras ao Ibama e determina retirada da estatal do Cadin

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Pai e filha moradores de Dourados morrem em acidente no Paraná
VILA ROSA
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Assassinato na Vila Rosa aconteceu por ciúmes durante manutenção em porta